SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DA CINZA DE CAPIM ANNONI PRODUZIDA A DIFERENTES TEMPERATURAS DE CARBONIZAÇÃO

  • Alex Dalosto
  • Jacson Weber de Menezes
  • Chiara Valsecchi
  • Luis Gustavo Hardt
  • Luis Enrique Gomez Armas
Rótulo Capim, annoni, Espectroscopia, Raman, grafeno

Resumo

O capim annoni (CA) é considerado uma planta hostil e de difícil controle na agricultura, já passou por investigações a respeito da qualidade nutricional onde foram realizadas avaliações agronômicas e de seu uso como forrageira para animais de pastejo. Após a avaliação, essa espécie mostrou-se inapta para a utilização no pastejo em decorrer da sua baixa qualidade nutricional e elevada resistência à tração mecânica, resultando na baixa produtividade animal. O CA está sendo alvo de diversos estudos destinado para outras finalidades, uma destas seria a queima do CA em temperatura e tempo controlado para obter cinza de capim annoni (CCA), para a produção de grafeno. Neste sentido, o objetivo deste trabalho é mostrar a sínteses e caracterização, usando espectroscopia Raman, da CCA obtida do CA a diferentes temperaturas e tempos de carbonização. Para esta finalidade, o CA foi colhido e secado por 30 dias a céu aberto, para depois ser lavado com agua corrente e água destilada. Finalmente foi secado numa estufa a uma temperatura de 100ºC por um tempo de 24 horas. Logo após, o CA foi queimado em forno mufla em diferentes temperaturas (300, 400, 500 ºC) e tempos controlados de 30, 60, 90, 120 min., para cada uma das temperaturas. Após as amostras passarem pelo processo de queima a CCA carbonizada passou pelo processo de moagem até ser reduzida a pó, a qual foi depositada sobre substratos de SiO2, para posteriormente ser caracterizada por espectroscopia Raman. Esta técnica permitiu identificar a mudança da posição e largura das bandas D (devida à desordem em sistemas carbonosos) e G (devida à ligação carbono-carbono em materiais carbonosos). Resultados deste trabalho mostram que para as temperaturas de 300 e 500 oC, a posição das bandas D (~1350 cm-1) e G (~1590 cm-1) são deslocadas a menores números de onda, a medida que aumenta o tempo de queima. Em tanto que, para a temperatura de 400 oC estas posições se mantêm fixas para todos os tempos de queima, indicado que seria adequada para a produção de grafeno.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
DALOSTO, A.; WEBER DE MENEZES, J.; VALSECCHI, C.; GUSTAVO HARDT, L.; ENRIQUE GOMEZ ARMAS, L. SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DA CINZA DE CAPIM ANNONI PRODUZIDA A DIFERENTES TEMPERATURAS DE CARBONIZAÇÃO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.