O PARADIGMA DAS DISCUSSÕES MULTILATERAIS: BREVE ANÁLISE DOCUMENTAL DO FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL

  • Ellen Passos
  • Germano Videiro Segala
  • Yago Mikael Alves Mendes
  • Carmela Marcuzzo do Canto Cavalheiro
Rótulo Fórum, Davos, Relações, Multilaterais, Pesquisa, Documentário

Resumo

Desde os finais da década de 80, com o fim do bilateralismo e a globalização, acentuaram-se as discussões e negociações multilaterais entre Estados, organizações internacionais e empresas multinacionais, representando a importância de se tratarem temas como desenvolvimento, meio-ambiente, direitos humanos, tecnologia e outros, não mais como temas específicos e isolados, mas sim, compreendendo que os mesmos são não-dissociáveis e que, apesar de possuírem estratégias e objetivos divergentes, revelam enfoques baseados em normas internacionais. Sendo assim, ao analisar a produção cinematográfica O Fórum documentário dirigido pelo cineasta alemão Marcus Vetter, destacam-se como principais objetivos do presente trabalho analisar a relevância da atuação de Klaus Schwab, fundador e atual líder do Fórum de Davos e da excelente organização promovida pelo mesmo, desde a composição da mesa nos debates. Assim, também objetiva-se compreender a preocupação dos organizadores em promover um debate fluido e de ótima compreensão para todos, o qual promove uma total abrangência de entendimento aos componentes das mesas de discussões a datar das mediações até as resoluções dos mesmos, colocando em discussão temas de alto destaque para os convidados, contando com a presença de importantes líderes mundiais, sendo eles, chefes de Estado e de Governo, diretores executivos (CEOs) das principais empresas multinacionais em diversos ramos de atuação. Sendo assim, busca-se como objetivo principal da análise, destacar a crescente e promovida atuação de representantes internacionais presentes no Fórum, como por exemplo, de softwares especializados em Inteligência artificial, tema no qual é tratado por distintas perspectivas na produção documental, entre outros, que compreendem temas inovadores e em crescente evolução no cenário internacional. Em termos de metodologia de pesquisa, vale mencionar que a empregada no presente trabalho compreende uma metodologia exploratória-descritiva, visando promover a análise documental sobre o documentário e também enriquecer a análise a partir de revisões bibliográficas com publicações sobre o Fórum de Davos e discussões acerca do multilateralismo. Outrossim, conclui-se a premissa de que, apesar de serem criticadas no cenário internacional e consideradas ineficazes, é melhor que ainda persistam as organizações de fóruns que promovam as discussões multilaterais do que se não fossem realizadas, de forma com que considera-se interessante destacar o fomento às transformações no plano internacional, no qual compreende-se como resultado principal da análise o paradigma dos fóruns internacionais e das discussões multilaterais como um todo, concluindo que a participação dos órgãos e Estados nos fóruns internacionais acabam moldando as políticas domésticas e externas dos presentes, considerando que a atuação das discussões multilaterais, mesmo que possuam atuação de menor impacto do que o desejado, ainda se mostram eficazes no sistema internacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
PASSOS, E.; VIDEIRO SEGALA, G.; MIKAEL ALVES MENDES, Y.; MARCUZZO DO CANTO CAVALHEIRO, C. O PARADIGMA DAS DISCUSSÕES MULTILATERAIS: BREVE ANÁLISE DOCUMENTAL DO FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.