"POR TRÁS DOS PANOS": A QUESTÃO DO TRABALHO DOMÉSTICO EM "QUE HORAS ELA VOLTA?"

  • Fernanda de Govea
  • Amanda Muniz Oliveira
Rótulo Trabalho, doméstico, Que, horas, ela, volta, Análise, fílmica

Resumo

Sendo uma atividade laboral muito antiga, o trabalho doméstico carrega consigo traços do período escravista. Neste sentido, o objetivo da pesquisa está na compreensão das temáticas que envolvem as trabalhadoras domésticas a partir do filme brasileiro "Que horas ela volta?. Sendo assim, a análise cinematográfica se faz extremamente importante, já que a sétima arte consegue denunciar problemas sociais de uma maneira atrativa, que gera a atenção do público para questões normalmente invisibilizadas. A metodologia desse estudo é baseada na leitura de artigos e bibliografias sobre as questões históricas, culturais e jurídicas dos direitos trabalhistas das trabalhadoras domésticas, utilizados para realizar análise fílmica. Os resultados parciais demonstram que o trabalho doméstico tem grande traço escravista e colonial. Também demonstra que mesmo o trabalho doméstico sendo uma das ocupações mais antigas já exercidas, a garantia dos seus direitos trabalhistas no Brasil se dão em pouco período de tempo. Ademais, a obra cinematográfica analisada consegue representar e problematizar a realidade das trabalhadoras domésticas brasileiras, mostrando a rotina dessas trabalhadoras que muitas vezes são consideradas como se fossem da família mas enfrentam inúmeras desigualdades que normalmente não são delegadas aos outros familiares.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
DE GOVEA, F.; MUNIZ OLIVEIRA, A. "POR TRÁS DOS PANOS": A QUESTÃO DO TRABALHO DOMÉSTICO EM "QUE HORAS ELA VOLTA?". Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.