A ARQUITETURA MODERNA EM BAGÉ PÓS PROJETO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RS

  • Rui Junior
  • Márlon Uliana Calza
  • Fábio Bortoli
Rótulo Arquitetura, Moderna, Brasileira, Rio, Grande, Sul, Bagé, Projeto

Resumo

A presente pesquisa se debruça sobre a contribuição da Arquitetura Moderna de vertente regional, ocorrida na cidade de Bagé-RS, após as repercussões do projeto da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Acerca do tema proposto, assume-se o Modernismo como um conjunto de movimentos culturais heterogêneos que permearam inúmeros estilos e escolas (artísticas), encontrando morada na literatura, na arquitetura, design, pintura, escultura, teatro e a música, acarretando uma expressiva cena cultural, e encontrando desdobramentos ideológicos na sociedade. De forte repercussão na primeira metade do século XX, os movimentos absorveram e caracterizaram-se por uma infinidade de nuances em diferentes partes do mundo, o que gerou uma produção distinta. Não diferente, o estado do Rio grande do Sul produziu objetos de estudo, que embora fossem carregados de influências, não podem ser tidos como meras cópias do que se produzia em centros de maior envergadura na Arquitetura. Tal estudo, tem por objetivo geral problematizar os desdobramentos no estado, e em especial no município de Bagé, da Arquitetura Moderna, a partir de uma visão geral do contexto. Esse objetivo se desdobra em: compreender o contexto relativo à Arquitetura Moderna Gaúcha e levantar material, documentar e analisar a obra na cidade. O estudo parte do insipiente reconhecimento da Arquitetura Moderna em solo bajeense (a pesquisa encontrou apenas uma obra sobre o assunto, embora esta seja extremante sólida cientificamente), no qual se desperta uma inquietude em se analisar novas abordagens de arquitetos alinhados com o movimento. Ao se reconhecer a Arquitetura Moderna como de importância vanguardista histórica e cultural e consequentemente para a sociedade como um todo, onde corrobora-se com uma releitura realizada no sul do Brasil, de repercussão já confirmada por pesquisas anteriores, se faz necessária a realização de registro e documentação de modelos da referida época. São exemplares possíveis de deterioração ou demolição por resultado de uma especulação imobiliária em voga, já que a grande parte dos modelos modernistas se localizam em áreas valorizadas nas cidades atualmente. Referente à metodologia utilizada, utiliza-se uma abordagem qualitativa junto a um mosaico de métodos que envolve: dedutivo, dialético e fenomenológico. Caracteriza-se como uma pesquisa exploratória e descritiva, no qual possui os procedimentos de coleta de dados bibliográficos e documentais. No que se refere à Arquitetura Moderna Brasileira, já a partir da década de 1960, é percebida uma mudança dos rumos e alterações no contexto socioeconômico e cultural brasileiro, que gera consequências na arquitetura produzida no sul do Brasil. Há uma mudança no que seria o eixo hegemônico, do Rio de Janeiro para São Paulo, e de maneira intrínseca, acaba por gerar repercussões na arquitetura gaúcha. O projeto da Assembleia Legislativa, é apontado como um importante ponto de mudança de caminho da Arquitetura Moderna produzida em Po

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
JUNIOR, R.; ULIANA CALZA, M.; BORTOLI, F. A ARQUITETURA MODERNA EM BAGÉ PÓS PROJETO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.