BIOMAS BRASILEIROS: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE A PRODUÇÃO ACADÊMICA NOS ÚLTIMOS DEZ ANOS

  • Débora de Souza
  • Débora Velasque de Souza
  • Sâmela Taís Gonzales do Prado
  • Ailton Jesus Dinardi
Rótulo Biomas, brasileiros, Dissertações, Tese, Ensino, Ciências, Educação, Programas

Resumo

O território brasileiro compreende seis Biomas que se diferem em sua biodiversidade, compondo o cenário do Pampa, Mata Atlântica, Cerrado, Pantanal, Caatinga e Amazônia. No entanto, fazem parte das temáticas que são apresentadas de forma negligenciada aos educandos, uma vez que inúmeros estudos comprovam as fragilidades existentes acercas dos conhecimentos sobre esse tema. Dessa forma, a partir da necessidade de valorizar os recursos naturais de cada Bioma, assim como dos contextos sociais e culturais imersos nestes ambientes, torna-se importante conhecer as produções acadêmicas dos últimos anos sobre os Biomas brasileiros, a fim de reconhecer as preocupações que cercam esta temática, mas também o cenário científico. Assim, decorreu o estudo que tem por objetivo investigar as produções científicas sobre os Biomas brasileiros, dos últimos dez anos nos Programas de Pós-graduação que tivessem como título Ensino de Ciências ou Educação em Ciências. Os programas selecionados foram separados por regiões (Norte, Nordeste, Centro Oeste, Sudeste e Sul), escolhendo-se dez programas de diferentes Universidades e a partir de seus repositórios foram escolhidas dissertações e teses que mencionassem no título, nas palavras-chaves ou no corpo do trabalho a temática pesquisada. Portanto, foram encontradas um total de 157 estudos, sendo 104 dissertações e 53 teses. Destas, a maioria eram trabalhos sobre o Bioma Cerrado, Mata atlântica, Amazônia, Pampa e Caatinga, respectivamente. Posterior a esta análise, selecionou-se um período de dez anos (2009/2019), havendo um declínio no número de publicações, com apenas 41 estudos realizados no período de tempo estipulado. A partir dos trabalhos selecionados e analisados, é possível inferir que o Bioma Pampa tem sido abordado em estudos recentes, e que grande parte dos trabalhos sobre os Biomas Mata Atlântica e Cerrado foram realizados anteriormente ao período selecionado . A Caatinga, de certo modo, segue com poucas publicações, assim como não houveram estudos sobre o Bioma Pantanal, evidenciando um descaso com estes Biomas. Os trabalhos sobre o Cerrado e a Mata Atlântica perderam seu potencial neste período, no entanto, são os únicos Biomas que foram objetos de estudos em teses. As regiões Nordeste e Sul, produzem poucos conhecimentos sobre seus Biomas Caatinga e Pampa, contrastando com as regiões Norte, Centro Oeste e Sudeste que se preocupam em promover estudos a cerca das biodiversidades dos Biomas Amazônico, Cerrado e Mata Atlântica. Assim, de acordo com dados apresentados é reconhecível que a temática em questão é pouco discutida em estudos científicos nos programas selecionados. Além disso, é evidente a necessidade de trabalhos que utilizem como objeto de estudos as riquezas naturais existentes em nossos Biomas a partir do incentivo dos Programas de Pós-graduação de cada região, afim de que os saberes científicos possam contribuir com a valorização cultural, ambiental e social imersos nesses locais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
DE SOUZA, D.; VELASQUE DE SOUZA, D.; TAÍS GONZALES DO PRADO, S.; JESUS DINARDI, A. BIOMAS BRASILEIROS: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE A PRODUÇÃO ACADÊMICA NOS ÚLTIMOS DEZ ANOS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.