A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO DAS EXPERIÊNCIAS DE MOVIMENTO

  • Marilete Botelho
  • Paula Bianchi
Rótulo Educação, Infantil, Experiências, movimento, Formação, continuada, Professores, Infância

Resumo

O artigo trata de um estudo sobre a formação de professores na Educação Infantil no contexto das experiências de movimento, realizado com professores efetivos de uma escola de Educação Infantil, situada na cidade de Arroio Grande/RS. Para a escolha da temática foram considerados os seguintes aspectos: Conforme as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (BRASIL, 2010), as crianças têm o direito de se apropriarem de gestos e brincadeiras da sua cultura e de se expressarem por meio das múltiplas linguagens, incluindo a corporeidade. No entanto, é sabido que, em muitas situações, as crianças têm seus cotidianos cerceados por atividades que privilegiam a linguagem escrita e falada; A literatura especializada sobre infância e cultura de movimento, ressalta a importância das experiências lúdicas e corporais para o desenvolvimento integral da criança (SIMÃO, 2005; SAYÃO, 2001); Através das observações e dos diálogos estabelecidos com professores durante o desenvolvimento da prática docente supervisionada na Educação Infantil (estágio supervisionado) em 2019, da pesquisadora, foi possível verificar que as atividades propostas relacionadas ao movimento e o corpo geravam certo estranhamento entre os docentes da escola, pois esse tipo de atividade era entendido como algo que causava bagunça e dispersão da atenção das crianças; Desde 2018, a acadêmica-pesquisadora atua como atendente de Educação Infantil na escola campo de estudo. O estudo apresentou como objetivo principal compreender como se dá a formação dos professores da Educação Infantil na escola quanto ao planejamento e desenvolvimento de experiências envolvendo o corpo e o movimento. Quanto aos objetivos específicos, estes foram: analisar e refletir sobre a formação continuada dos professores da Educação Infantil oferecida no âmbito da cultura de movimento e conhecer como os professores participantes planejam e estabelecem as experiências de movimento. Como instrumentos para coleta de dados, foram utilizados a análise do Plano Municipal de Educação de Arroio Grande, (2015/2025) e o questionário. A análise de conteúdo foi empregada pela organização das informações obtidas, leitura e interpretação de dados, com base em (Bardin, 2011). Os resultados da pesquisa revelaram a oferta de formação continuada de professores baseada em formato vertical, com ausência de discussões sobre as ações pedagógicas relacionadas ao movimento e as práticas corporais. Palavras-chave: Educação Infantil; Experiências de movimento; Formação continuada de Professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
BOTELHO, M.; BIANCHI, P. A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO DAS EXPERIÊNCIAS DE MOVIMENTO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.