CLOUDCOMPARE E ANÁLISE GEOLÓGICA: APLICAÇÃO DA TRACE TOOL NO RASTREAMENTO GUIADO DE LINHAS DE INTERSECÇÃO EM MODELOS VIRTUAIS DE AFLORAMENTO

  • Alisson dos Santos
  • Ana Naujokat Tavares
  • Bianca Merces Leite Pessoa Carreño
  • Pablo Losano Guedes
  • Felipe Guadagnin
  • Sissa Kumaira
Rótulo Modelos, Virtuais, Afloramento, Trace, Tool, Intersecção, planos, geológicos

Resumo

Modelos Virtuais de Afloramento (MVAs) são projeções virtuais tridimensionais foto-realistas da superfície de afloramentos rochosos, as quais podem ser representadas na forma de nuvem densa de pontos e/ou malha triangulada texturizada. A notável precisão dos MVAs quanto às texturas e dimensões permite o estudo de estruturas e feições geológicas através de softwares de interpretação. Distintas metodologias são aplicadas no processo de análise de MVAs, as quais podem incluir ferramentas manuais ou semiautomáticas. A utilização de métodos manuais de interpretação confere ao usuário total responsabilidade sobre o produto, é mais trabalhosa, demorada e sujeita a distintos resultados considerando a não-repetibilidade da interpretação humana. Os recursos automatizados, por outro lado, fornecem respostas mais apuradas, baseadas em cálculos computacionais. Neste contexto, a ferramenta Trace Tool, incluída no plugin Compass do software CloudCompare, permite a interpretação semiautomática de linhas de intersecção em MVAs pela identificação de padrões de cor e distância entre os pontos da nuvem densa, a partir de uma trajetória definida pelo usuário. O caminho traçado pela ferramenta pode ser corrigido pelo intérprete ao inserir pontos de controle manualmente. A aplicação desta ferramenta na análise de MVAs permite o rastreamento e a individualização de inúmeros atributos geológicos, além de proporcionar uma base para o uso de outros recursos de análise. No presente estudo, a ferramenta Trace Tool foi utilizada para a construção de linhas de intersecção que representam superfícies estratigráficas em MVAs da Bacia Lusitânica, na costa de Portugal. O recurso foi utilizado para individualizar as linhas de intersecção entre a superfície topográfica e os planos de acamamento sedimentar, de forma a facilitar a obtenção de dados estruturais e estratigráficos. Nessa função, o desempenho da ferramenta foi considerado satisfatório, visto que as intersecções puderam ser rastreadas e individualizadas de maneira simples, tornando mais dinâmico o fluxo de trabalho. Nota-se, no entanto, que a performance do Trace Tool é influenciada pelo volume de dados do MVA, sendo otimizada em nuvens de pontos menores. De qualquer modo, o recurso é fundamental para a extração de informações de MVAs, aprimorando a análise estrutural, com a definição de planos de melhor encaixe, e estratigráfica, pelo mapeamento de superfícies estratigráficas e delimitação de tratos e sequências.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
DOS SANTOS, A.; NAUJOKAT TAVARES, A.; MERCES LEITE PESSOA CARREÑO, B.; LOSANO GUEDES, P.; GUADAGNIN, F.; KUMAIRA, S. CLOUDCOMPARE E ANÁLISE GEOLÓGICA: APLICAÇÃO DA TRACE TOOL NO RASTREAMENTO GUIADO DE LINHAS DE INTERSECÇÃO EM MODELOS VIRTUAIS DE AFLORAMENTO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.