ANÁLISE TEMPORAL DO DESMATAMENTO NA RESERVA INDÍGENA URU EU WAU WAU NOS ÚLTIMOS 40 ANOS

  • Jady Alves
  • Evelyn Kirst Santana
  • Greisi Aline de Azeredo
  • João Saldanha Pires
  • Crisleide Carneiro de Oliveira
  • Cristiane Heredia Gomes
Rótulo Reserva, indígena, Uru, Eu, Wau, Amazônia, Desmatamento

Resumo

No Brasil, as florestas tropicais vêm sendo subtraídas mais intensamente desde a colonização agrícola da região Norte do país na década de 70. O desmatamento de florestas é um dos maiores causadores de perda da biodiversidade, que resulta em impactos ambientais, sociais e econômicos. Neste estudo objetivou-se, realizar uma análise do desmatamento na reserva indígena Uru Eu Wau Wau, localizada no estado de Rondônia, nos anos de 1980, 2000 e 2020 para avaliar o avanço do desmatamento na região. Foram coletadas informações vetorizadas e imagens RGB dos satélites Landsat 5, 7 e 8, e o geoprocessamento ocorreu pelo uso dos softwares MultiSpec 2018.08.30 e ArcGIS 10.5. Utilizou-se o Multispec para a composição de imagens RGB, onde as bandas utilizadas foram as 4, 3, 2 infravermelho. A análise foi feita por classificação automática supervisionada, por duas classes: classe 1, caracterizada por floresta e classe 2, solo exposto. O ArcGis foi utilizado para o georreferenciamento e a confecção final do mapa. Os dados obtidos indicaram para os anos de 1980, 2000 e 2020 o equivalente a 17.03%, 30.07% e 43.5% de desmatamento da área total da reserva, respectivamente. Estes valores são relacionados à agricultura, abertura de estradas, garimpo ilegal, madeireiras ilegais e áreas de sede. A utilização de ferramentas de geoprocessamento de imagens mostrou-se eficiente para o estudo do uso e ocupação da terra, tendo como foco em ocupação do solo e a fragmentação florestal. A partir da análise e contextualização dos dados obtidos, indicou-se forte relação das áreas de solo exposto, área desmatada, com o processo de uso e ocupação do solo da reserva Uru Eu Wau Wau. Ela está sofrendo um processo intensivo de modificação e fragmentação da paisagem natural. Ao longo dos anos a paisagem tornou-se mais recortada nas bordas da reserva, já que 70% da floresta ao redor da reserva foi desmatado. Os fragmentos de solo exposto estão cada vez maiores dentro da reserva. Para tanto, são essenciais os trabalhos de monitoramento e detalhamento das áreas desmatadas e das causas que levam à supressão vegetal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
ALVES, J.; KIRST SANTANA, E.; ALINE DE AZEREDO, G.; SALDANHA PIRES, J.; CARNEIRO DE OLIVEIRA, C.; HEREDIA GOMES, C. ANÁLISE TEMPORAL DO DESMATAMENTO NA RESERVA INDÍGENA URU EU WAU WAU NOS ÚLTIMOS 40 ANOS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.