DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO FARMACODINÂMICA DE NANOCÁPSULAS POLIMÉRICAS CONTENDO TPGS

  • Camila Pacheco
  • Camila de Oliveira Pacheco
  • Manoel Rodrigues da Silva Neto
  • Renata Bem dos Santos
  • Tamara Ramos Maciel
  • Renata Giacomeli
  • Sandra Elisa Haas
Rótulo Farmacodinâmica, TPGS, Nanocápsulas

Resumo

Nas últimas décadas tem aumentado a busca por medicamentos que consigam tratar doenças neurológicas, pois estes apresentam um grande desafio terapêutico, devido à dificuldade dos fármacos em atravessar a barreira hematoencefálica. Uma das moléculas que vem sendo estudada é a curcumina (CUR) extraída da planta Curcuma longa L, popularmente conhecida como açafrão, que é um composto fenólico natural com propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e ação neuroprotetora, entretanto apresenta limitações terapêuticas devido à baixa biodisponibilidade na sua forma livre. O desenvolvimento de nanocápsulas poliméricas (NCs) vem surgindo como estratégia para sistema de entrega de fármacos, devido as suas características promissoras, como diâmetro inferior a 1000 nm, podendo potencializar e melhorar a absorção de ativos, controlar a liberação e a passagem pelas barreiras biológica, além de reduzir os efeitos adversos. Uma propriedade importante desses sistemas é a característica de superfície, a qual influencia diretamente na interação com as células e no reconhecimento pelo sistema fagocitário. Um adjuvante farmacêutico, que vem chamando a atenção é o D-α-Tocoferol polietilenoglicol succinato(TPGS) que é um derivado da vitamina E, inibidor da glicoproteína P e demonstra aumentar a biodisponibilidade de fármacos hidrofóbicos, além de ser um modulador de superfícies consequentemente seu uso somado aos benefícios das NCs, pode ser uma boa estratégia para delivery cerebral. O presente estudo, teve como objetivo desenvolver NCs, catiônicas e aniônicas contendo CUR e revestidas com TPGS a fim de avaliar seus efeitos em modelo animal de estereotipia induzido por apomorfina (APO). Através do método de deposição interfacial de polímero pré-formado, foram desenvolvidas NCs através de delineamento fatorial 23e incorporada CUR , usando os polímeros Eudragit (EUD) e Poli(ɛ-caprolactona) (PCL), catiônico e aniônico, respectivamente,TPGS. A caracterização físico-química das NCs foram quanto ao diâmetro médio de partícula (DM), potencial zeta (PZ), pH, doseamento e taxa de encapsulação. Os DM variaram de 192 a 212 nm, pH 5,68 a 6,9 e PZ condizente com a característica do polímero.. Os animais foram tratados com salina mais APO (GC), NCs-CUR, NCs-BR (sem fármaco) e CUR.O grupo NCs-CUR, se sobressaiu em relação a solução livre de CUR, demonstrando que as NCs revestidas com TPGS podem ser um promissor sistema de entrega para cérebro.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
PACHECO, C.; DE OLIVEIRA PACHECO, C.; RODRIGUES DA SILVA NETO, M.; BEM DOS SANTOS, R.; RAMOS MACIEL, T.; GIACOMELI, R.; ELISA HAAS, S. DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO FARMACODINÂMICA DE NANOCÁPSULAS POLIMÉRICAS CONTENDO TPGS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.