O ENSINO DA SAÚDE MENTAL COMO COMPONENTE CURRICULAR NOS CURSOS DE FISIOTERAPIA NO BRASIL: CONHECIMENTO E PERSPECTIVAS

  • Fernanda Nunes
  • Andrieize Casqueiro Rodrigues
  • Mariana Rodrigues Martinuzzi
  • Tainá Fernandes
  • Lavínia de Oliveira Bastos Rodrigues
  • Nelson Francisco Serrao Junior
Rótulo Saúde, Mental, Fisioterapia, Universidade, Pública, Componente, Curricular

Resumo

A Fisioterapia é uma profissão que atua nas disfunções físicas, cognitivas e sociais, e há alguns anos vem ganhando espaço no âmbito da saúde mental. O conhecimento nessa área é de extrema importância, pois o fisioterapeuta juntamente com a equipe multiprofissional pode proporcionar bem estar e qualidade de vida a indivíduos com distúrbio e/ou transtorno mental. Neste contexto o presente trabalho teve como objetivo buscar dentre cursos de Fisioterapia de Universidades Públicas a existência de disciplinas relacionadas à saúde mental. Trata-se de uma pesquisa quantitativa com análise descritiva. Em um primeiro momento buscou-se em plataformas da internet um ranking das cinquenta melhores Universidades Públicas do Brasil com cursos de Fisioterapia, dentre estas estavam Universidades Federais e Estaduais. Após, foi realizada uma análise da grade curricular dos cursos de Fisioterapia de cada instituição, com objetivo de buscar quais destas possuíam disciplinas direcionadas e/ou relacionadas a saúde mental. Considerou-se ementas que abordavam sobre distúrbios e/ou transtornos mentais, comportamentais e emocionais, bem como patologias relacionadas. No ranking encontrado considerou-se as Universidades Estaduais e Federais, e todas possuíam curso de Fisioterapia. Destas, apenas 12 apresentavam disciplinas relacionadas direta e/ou indiretamente com saúde mental; 37 não possuíam nenhum componente referente ao tema do estudo, e em uma das instituições não se encontrou a grade curricular do curso. Destaca-se que 74% dos cursos de Fisioterapia pesquisados não possuem alguma componente curricular relacionada a temática, um número consideravelmente alto quando levamos em consideração a importância do fisioterapeuta nos serviços de saúde mental. O fisioterapeuta deve ser capacitado para atuar juntamente com a equipe da saúde mental, auxiliando no tratamento de transtornos psíquicos, alterações comportamentais, entre outras. Para isso, considera-se extremamente necessário que temas relacionados à atuação do fisioterapeuta na saúde mental sejam inseridos nas grades curriculares dos cursos, para que o acadêmico tenha uma formação integral em todos os níveis de complexidade e assistência dos sistemas de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
NUNES, F.; CASQUEIRO RODRIGUES, A.; RODRIGUES MARTINUZZI, M.; FERNANDES, T.; DE OLIVEIRA BASTOS RODRIGUES, L.; FRANCISCO SERRAO JUNIOR, N. O ENSINO DA SAÚDE MENTAL COMO COMPONENTE CURRICULAR NOS CURSOS DE FISIOTERAPIA NO BRASIL: CONHECIMENTO E PERSPECTIVAS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.