ANÁLISE DO CONHECIMENTO DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO SOBRE A BIODIVERSIDADE PAMPEANA

  • Vitor Rosso
  • João Victor Ferrari da Silva
  • Melania Santer
  • Fabiele Rosa Pires
  • Carlos Benhur Kasper
Rótulo Biomas, Diversidade, Biologia, Educação

Resumo

A biodiversidade inclui desde a diversidade dos seres vivos, a toda gama de relações entre eles. Podendo ser definida como a soma do desempenho de processos ecológicos e evolutivos que ocorrem simultaneamente, ocasionando uma biodiversidade em constante modificação. Desde crianças somos colocados em contato com exemplos de biodiversidade sob a forma de figuras de biomas e animais que não representam a flora e fauna local. Desta forma, os alunos acabam conhecendo mais sobre a biodiversidade de locais que nunca viram na vida do que do local onde vivem. Assim, o presente trabalho teve objetivo de avaliar o grau de (des)conhecimento acerca da biodiversidade regional do Rio Grande do Sul (foco no Pampa), de discentes do 2º ano do ensino médio de uma das escolas públicas do município de São Gabriel/RS, totalizando 23 questionários. As questões foram elaboradas pelo grupo PET Biologia da Universidade Federal do Pampa, com múltiplas escolhas, após analisadas, as respostas foram convertidas em porcentagem. O questionário apresenta uma diversidade de perguntas que abrange desde conhecimentos gerais à mais aprofundados. Tendo em vista a extensão dos questionários, selecionamos algumas questões para discussão. Primeiramente, foi perguntado aos alunos quais biomas existem no RS, e como resposta a esta questão 100% dos alunos respondeu equivocadamente que havia apenas o Pampa. Se por um lado a resposta mostra que os alunos têm algum conhecimento sobre o ambiente onde vivem, por outro evidencia que desconhecem que cerca de metade do estado é formado pelo bioma Mata Atlântica. Quanto às características do Pampa, 39% da turma respondeu equivocadamente que se trata de um bioma com predominância de florestas, pobre em biodiversidade e que cobre grande parte do Brasil. Assim, fica evidente que boa parte dos alunos, embora saibam que estão na região do Pampa, desconhecem que esta caracteriza-se por ambientes abertos com áreas de mata associadas principalmente aos cursos dágua. Também desconhecem a riqueza da diversidade do mesmo, e que este bioma, no Brasil, só é encontrado na metade sul do RS. Em relação à importância de ambientes para a preservação da biodiversidade, 75% dos alunos assinalaram a opção correta ambientes de campo e áreas de banhado para a manutenção da diversidade no Pampa. Referente às espécies exóticas invasoras, 50% das respostas foram equivocadas, evidenciando que os alunos desconhecem que o Javali e o Eucalipto não são espécies que ocorrem naturalmente aqui. Através deste questionário foi possível correlacionar à qualidade de ensino/aprendizagem e percepção dos alunos em relação à Biodiversidade. O somatório de fatores como: poucas discussões sobre os biomas brasileiros, falta de recursos didáticos para auxiliar na compreensão do tema, conteúdos intensos e demasiados associado a explicações somente via lousa e livro didático, falta de concentração dos estudantes, entre outros, pode estar associado aos índices revelados na presente pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
ROSSO, V.; VICTOR FERRARI DA SILVA, J.; SANTER, M.; ROSA PIRES, F.; BENHUR KASPER, C. ANÁLISE DO CONHECIMENTO DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO SOBRE A BIODIVERSIDADE PAMPEANA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.