DESENVOLVIMENTO DE DIETAS À BASE DE SUBPRODUTOS DO ARROZ PARA A NUTRIÇÃO DE DROSOPHILA MELANOGASTER

  • Millena Pinheiro
  • Millena Dorneles Pinheiro
  • Luana Barreto Meichtry
  • Franciéle Romero Machado
  • Mustafa Munir Mustafa Dahleh
  • Silvana Peterini Boeira
  • Tiago André Kaminski
Rótulo Mosca, fruta, Food, and, Nutrition, Oryza, sativa

Resumo

Considerado um alimento básico, o arroz é um dos cereais mais cultivados no mundo. Para adquirir as características de consumo, os grãos são submetidos a processamentos que geram subprodutos, como a farinha e o farelo de arroz, obtidos na moagem e polimento dos grãos. Boa parte de sua estrutura é composta de fibra alimentar, importante nutriente para a digestão, absorção e saciedade, auxiliando na melhora de condições adversas à saúde. O farelo de arroz possui componentes bioativos como os tocoferóis, tocotrienóis e γ-oryzanol, que melhoram condições patológicas, sendo adjuvante no tratamento de dislipidemias por sua ação hipolipidêmica; no tratamento do câncer por sua ação antioxidante e no tratamento do diabetes por reduzir alterações metabólicas características da doença. A Drosophila melanogaster (D. melanogaster) é a mosca da fruta utilizada em estudos experimentais por possuir propriedades neurológicas, fisiológicas e biológicas similares às dos mamíferos e um ciclo de vida curto. A qualidade da dieta é fundamental para o seu desenvolvimento e para evitar disfunções celulares. Atualmente, é utilizado para sua nutrição uma dieta padrão à base de farinha de milho, produto farináceo com menos propriedades nutricionais e com custo maior, quando comparado aos subprodutos do arroz. O objetivo do presente estudo é elaborar dietas alternativas à base de subprodutos do arroz para a nutrição de D. melanogaster. Para identificar a composição nutricional das amostras foram realizadas análises químicas de: farelo de polimento do arroz (FPA); farelo do brunimento do arroz (FBA); farinha de milho grossa (FMG); farinha de milho média (FMM). A composição da farinha de arroz foi retirada da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. O farelo de arroz analisado foi cedido pela empresa Josapar, localizada em Itaqui, RS. As dietas foram desenvolvidas com os ingredientes utilizados na dieta padrão substituindo FMG e FMM por FPA e FBA na primeira dieta (FA) e FPA, FBA e farinha de arroz na segunda dieta (FFA), buscando equiparar a composição nutricional da dieta padrão. Em laboratório, foi testada a consistência das dietas e o consumo alimentar, para visualizar a aceitação das moscas às dietas elaboradas. Visualizando as análises químicas observou-se valores estatisticamente maiores de proteína nas amostras FBA e FPA, resultado que se mostrou semelhante na análise de lipídios, cinzas e fibra alimentar. Quanto aos carboidratos, houve maior quantidade nas amostras FMG e FMM. O valor calórico de FMG, FMM e FPA foi estatisticamente igual. No teste de consumo alimentar, foi analisado o consumo da dieta padrão, da dieta FA e da dieta FFA, não houve diferença estatística entre as três dietas. Em conclusão, os resultados do presente estudo proveram evidências de que é possível desenvolver dietas à base de subprodutos do arroz para a nutrição de D. melanogaster, com qualidade nutricional superior à dieta padrão e que houve aceitação das dietas pelo modelo experimental.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
PINHEIRO, M.; DORNELES PINHEIRO, M.; BARRETO MEICHTRY, L.; ROMERO MACHADO, F.; MUNIR MUSTAFA DAHLEH, M.; PETERINI BOEIRA, S.; ANDRÉ KAMINSKI, T. DESENVOLVIMENTO DE DIETAS À BASE DE SUBPRODUTOS DO ARROZ PARA A NUTRIÇÃO DE DROSOPHILA MELANOGASTER. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.