ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DO EXTRATO DE ARAÇÁ VERMELHO EM STAPHYLOCOCCUS AUREUS, ESCHERICHIA COLI, KLEBSIELLA PNEUMONIAE CARBAPENEMASE

  • Luis Ribas
  • Luis Paulo dos Santos Ribas
  • Annelize Gruppi Lunardi
  • Felix Roman Munieweg
  • Ana Luisa Reetz Poletto
  • Cristiane Casagrande Denardin
  • Cheila Denise Ottonelli Stopiglia
Rótulo Araçá, vermelho, Staphylococcus, aureus, Escherichia, coli, Klebsiella, Pneumoniae, Carbapenemase

Resumo

O araçá vermelho (Psidium cattleianum Sabine) é um fruto silvestre pertencente à família das Myrtaceae e o extrato de araçá apresenta ação antimicrobiana contra patógenos de importância para a saúde pública, incluindo Salmonella Enteritidis, Escherichia coli (E. coli) e Staphylococcus aureus (S. aureus). Portanto, nosso objetivo foi avaliar a atividade antimicrobiana do extrato de araçá vermelho em S. aureus, E. coli e Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC). Utilizamos o método de microdiluição em caldo. As cepas utilizadas foram S. aureus, E. coli e KPC expostos na faixa de concentração de 1250 μg EAC/mL (μg de Equivalentes de Ácido Clorogênico/mL) a 2,44 μg EAC/mL. O controle positivo foi o cloranfenicol e o controle negativo foi apenas o caldo. A interpretação dos resultados foi através da turbidez dos poços significando que não houve inibição bacteriana e todos foram realizados em triplicata. A Concentração Inibitória Mínima (CIM) foi determinada como a menor concentração capaz de inibir totalmente o crescimento bacteriano. S. aureus CIM 156,25 μg EAC/mL e cloranfenicol 0,5 μg/mL. E. coli CIM 312,5 μg EAC/mL e cloranfenicol 0,5 μg/mL. KPC CIM 625 μg EAC/mL e cloranfenicol 2 μg/mL. Estes resultados estão expressos em média e indicam que o extrato foi capaz de inibir o crescimento de todos os microrganismos testados, apresentando maior potência frente ao S. aureus, evidenciando sua importância no combate a infecções causadas pelo mesmo. O S. aureus se caracteriza por ser um coco Gram positivo encontrado em peles e mucosas de seres humanos, podendo agir como comensal ou patógeno oportunista. Com nossos resultados é possível constatar os benefícios que os compostos fenólicos promovem à saúde combatendo agentes promotores de infecções graves que apresentam tratamentos limitados e grande resistência a medicamentos, sendo que o extrato mostrou ainda ser eficiente frente a diferentes tipos de bactérias, o que pode promover aplicações clinicas mais amplas e a diferentes tipos de patologias.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
RIBAS, L.; PAULO DOS SANTOS RIBAS, L.; GRUPPI LUNARDI, A.; ROMAN MUNIEWEG, F.; LUISA REETZ POLETTO, A.; CASAGRANDE DENARDIN, C.; DENISE OTTONELLI STOPIGLIA, C. ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DO EXTRATO DE ARAÇÁ VERMELHO EM STAPHYLOCOCCUS AUREUS, ESCHERICHIA COLI, KLEBSIELLA PNEUMONIAE CARBAPENEMASE. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.