CONSEQUÊNCIAS DA TOXICIDADE DO CHUMBO NAS QUALIDADES FISIOLÓGICAS E ANATÔMICAS DE FEIJÃO

  • Carlos Gonçalves
  • Mauro Mesko Rosa
  • Lorenzo Arenhardt
  • Diogo Balbé Helgueira
  • Dario Munt de Moraes
  • Filipe Pedra Mattos
Rótulo Phaseolus, vulgaris, sementes, metal, pesado

Resumo

Diferentes práticas antropogênicas é uma preocupação devido ao aumento da concentração dos metais pesados com efeitos tóxicos no solo, podendo causar a contaminação das plantas e comprometer a saúde humana. O chumbo (Pb) é um metal pesado sem função nos sistemas biológicos. Desta forma, quando esse metal está acumulado em áreas agrícolas torna-se um obstáculo a ser enfrentado, pois afeta o processo de desenvolvimento da planta. Diante do exposto, o objetivo foi avaliar o efeito de duas concentrações de sulfato de chumbo (PbSO-4) no desempenho fisiológico e anatômico de sementes de feijão Carioquinha (Phaseolus vulgaris). O experimento foi conduzido no laboratório didático no departamento de fisiologia vegetal no campus Capão do Leão/UFPel. As sementes foram desinfetadas e embebidas em duas concentrações de sulfato chumbo a 0,01mg. L-1 e 0,05 mg. L-1, e em água. As avaliações fisiológicas e bioquímicas foram realizadas nos estádios de semente e plântula, sendo elas: o teste padrão de germinação; a primeira contagem de germinação; a massa da matéria seca e fresca de plântula e a condutividade elétrica (CE). As duas concentrações de forma diferenciada afetaram: o processo germinativo, o comprimento de raiz, comprimento de plântula, massa fresca e massa seca e, consequentemente o vigor da semente. Os dois tratamentos causaram danos as plantas, porém o tratamento na concentração de 0,05 mg L-1 foi o mais danoso quando comparado com o tratamento 0,01 mg L-1 e com a testemunha. O Pb retarda o surgimento da radícula e a germinação das sementes induzindo a um crescimento deficiente das plântulas devido a toxidez. A condutividade elétrica, resultados expressos em μS.cm-1g-1 de sementes, com 3 horas de embebição, mostrou aumento da condutividade elétrica na presença do Pb nas duas concentrações. As funções fisiológicas e anatômicas da planta foram afetadas significativamente devido com as dosagens de chumbo. Pesquisas adicionais serão necessárias para compreensão dos mecanismos fisiológicos da fitoxicidade do chumbo em sementes e plântulas de feijão.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
GONÇALVES, C.; MESKO ROSA, M.; ARENHARDT, L.; BALBÉ HELGUEIRA, D.; MUNT DE MORAES, D.; PEDRA MATTOS, F. CONSEQUÊNCIAS DA TOXICIDADE DO CHUMBO NAS QUALIDADES FISIOLÓGICAS E ANATÔMICAS DE FEIJÃO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.