UM MAPEAMENTO SISTEMÁTICO SOBRE A PRODUÇÃO BRASILEIRA SOBRE GAMIFICAÇÃO NA EDUCAÇÃO

  • Nathalie Gonçalves
  • Michel Mansur Machado
Rótulo Gamificação, Educação, Ensino-aprendizagem

Resumo

A gamificação na educação tem sido um assunto com crescente interesse na pesquisa brasileira, haja visto que há um grande potencial na sua utilização no processo de ensino, criando ambientes de aprendizagem mediados pela resolução de problemas, desafios e explorando as características de engajamento e motivação. Quando pesquisado sobre o assunto, foram encontrados estudos de mapeamento sistemáticos mais abrangentes sobre a gamificação e também à nível internacional em relação aos banco de dados utilizados nestas pesquisas. Sendo assim, neste trabalho foi realizado um mapeamento sistemático de artigos brasileiros no banco de dados Periódicos CAPES, com a string gamificação AND educação resultando em sessenta e cinco resultados, dos quais, foram selecionados apenas os artigos em português, revisados por pares, resultando em quinze documentos. Destes, após realizada triagem, foram descartados seis que se tratavam de editoriais e também artigos fora do tema, apenas citando a string pesquisada. Ao final permaneceram nove artigos, número possivelmente reduzido devido à gamificação na educação ainda ser um campo de pesquisa considerado recente, visto que todos os resultantes foram publicados nos últimos quatro anos. A partir da análise, obtivemos 66,67% dos artigos abordando sobre práticas docentes utilizando a gamificação no ensino presencial e 22,22% tratando do assunto no ensino à distância, e ainda 11,11% dos artigos não especificaram a modalidade de ensino. Quanto ao nível educacional, um artigo abordava sobre as práticas no ensino médio e superior, apenas um sobre o ensino fundamental, três outros no ensino superior e outros quatro não especificaram o nível. Dos nove artigos, dois deles apresentavam uma abordagem teórico-prática em aula, dois tratavam de uma abordagem apenas prática e cinco com abordagens unicamente teóricas sobre o assunto. Foi possível verificar, de acordo com o mapeamento realizado, que a maioria dos artigos busca explorar as teorias de aprendizagem baseadas em técnicas de gamificação e estratégias que podem ser utilizadas com resultados positivos para os alunos, seu envolvimento na aula e posterior significação do conhecimento adquirido e também criado. As técnicas geralmente são elencadas e relacionadas com as reações do aluno quando estão participando da prática. É possível verificar também que na maioria das atividades envolvendo gamificação a aula é alterada de seu modo tradicional e muitas vezes, os alunos formam grupos em função de diferentes competências, se mostrando um ótimo recurso de colaboração, visto que há diferentes níveis de conhecimentos e habilidades entre eles. Por fim, pode se concluir que o uso da gamificação em sala de aula pode ser uma estratégia que favorece significativamente o aprendizado de conteúdos mais complexos ou de pouco interesse dos alunos. Todas essas pesquisas reforçam a atenção dada ao assunto e a importância da continuação destes estudos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
GONÇALVES, N.; MANSUR MACHADO, M. UM MAPEAMENTO SISTEMÁTICO SOBRE A PRODUÇÃO BRASILEIRA SOBRE GAMIFICAÇÃO NA EDUCAÇÃO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.