AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DE DOIS SISTEMAS DE COLETA DE RESIDUOS SOLIDOS ORGANICOS

  • Jose Ferreira
  • Gislaine Acosta de Oliveira
  • Kellen Pujol Kaufmann
  • Abel Demutti Guedes
  • Murillo Santiago Marques
  • André Carlos Cruz Copetti
Rótulo Compostagem, Reciclagem, Recomposição

Resumo

Mais de 50% dos resíduos domésticos gerados são constituídos por Resíduos Sólidos Orgânicos (RSO), os quais podem ser decompostos por diferentes organismos. Geralmente em aterros ou lixões, esses RSO se decompõem anaerobicamente, gerando sérios problemas ambientais e nenhuma vantagem ambiental, social ou econômica. Diante desse cenário, à transformação desses resíduos em composto orgânico pode ser a melhor alternativa, porém, ainda não há hábito de separar os RSO dos resíduos sólidos secos, em função de educação ambiental, e muitas vezes atribuído ao fato de que no recolhimento são misturados. Assim, é preciso desenvolver, e mostrar, resultados de diferentes formas de coleta dos RSO, suas vantagens e desvantagens. O objetivo deste trabalho é analisar as vantagens e desvantagens de dois sistemas de coleta de RSO. No interior dos prédios da Unipampa, Campus São Gabriel, está sendo desenvolvido um projeto de coleta e reaproveitamento dos resíduos sólidos orgânicos. Em todos os andares dos prédios acadêmicos I e II foram instaladas composteiras de baldes, as quais são preparadas com sistema de drenagem e coleta de chorume, manejadas com casca de arroz e com uso de minhocas, na qual é utilizada no estudo a espécie Eisenia Fetida conhecida como minhoca Californiana. Também é mantido um balde de 50 litros para deposição de RSO, sem drenagem ou qualquer tipo de manejo. Como resultado foi listado as vantagens de cada sistema. O sistema de coleta de compostagem em baldes (aeróbico) apresentou como vantagens principais à produção de composto leve e pronto para uso, sem formação de odores, porém, exige mais manutenção (como desvantagem), pois é preciso pelo menos uma vez por semana à adição de casca de arroz para melhorar a drenagem e oxigenação, além de evitar a propagação da mosca das frutas. O sistema de coleta em balde (anaeróbico) não há necessidade de manutenção semanal (como vantagem) e nem adição de minhocas, portanto o acúmulo desses resíduos causam à decomposição anaeróbica, liberando gases fétidos, além da decomposição ser mais lenta. Assim, é possível concluir que a coleta do RSO pode gerar problemas como cheiro desagradável, caso seja apenas acumulado, sem um sistema e manejo que proporcione aeração e boa drenagem, como no caso do sistema de compostagem de balde.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
FERREIRA, J.; ACOSTA DE OLIVEIRA, G.; PUJOL KAUFMANN, K.; DEMUTTI GUEDES, A.; SANTIAGO MARQUES, M.; CARLOS CRUZ COPETTI, A. AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DE DOIS SISTEMAS DE COLETA DE RESIDUOS SOLIDOS ORGANICOS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.