O DESPRESTÍGIO DOS CONCLUINTES DO ENSINO MÉDIO DA CIDADE DE URUGUAIANA COM A DOCÊNCIA

  • Maria Camargo
  • Maria Antonia Antunes Camargo
  • Mariana Mercante Garcia
  • Neila Ana Provenzi
Rótulo Profissão, concluintes, docência

Resumo

INTRODUÇÃO: A licenciatura é uma modalidade acadêmica que opera no sistema educacional pelo exercício do magistério. Considerando a importância dos professores na sociedade, o objetivo da pesquisa é examinar a razão pelas quais os jovens não escolhem formações do ensino superior ligadas à educação. A pesquisa foi norteada por autores como Philippe Perrenoud, Monica Gather Thurler e Miguel Arroyo. A literatura abordada subsidia temas acerca de professores, alunos e da escola. METODOLOGIA: abordagem mista, de Creswell (2007) e Bardin (2016). Foram realizados testes matemáticos expressos em gráficos referentes a parte quantitativa e atribuição de significados referentes a parte qualitativa. Os sujeitos de pesquisa envolvidos foram alunos de 2 escolas públicas e 2 escolas privadas do terceiro ano do EM da cidade de Uruguaiana, bem como 10 professores de diferentes áreas da educação, de escolas públicas, privadas e universidade. Foram utilizados 3 instrumentos de pesquisa: questionário fechado para os discentes, entrevistas semiestruturadas para docentes, juntamente de questionário online e opcional, para professores e alunos. RESULTADOS: Pôde-se constatar que de 121 questionários aplicados para os alunos apenas 2,5% (n=3) apontaram que irão, decididamente, seguir uma profissão na área da educação. Entre os alunos que já demonstraram interesse, mas não optarão de fato pela carreira, a inspiração de professores foi fator majoritário de escolha, com um total de 44% (n=29) de 66 alunos. Ainda sobre os discentes, a razão de maior impacto pra escolha da profissão é a vocação, com 37% (n=44) das respostas. De 10 profissionais da educação, 50% (n=5) relataram que escolheram ser professores por inspiração de docentes durante sua trajetória, sendo eles em âmbito familiar ou escolar. Entre os mesmos profissionais, 80% (n=8) afirmam que escolheriam novamente a mesma profissão e 90% (n=9) apontam os alunos como fator determinante para a permanência na profissão. CONCLUSÃO: Através da pesquisa, foi possível fazer um paralelo entre professores e alunos, de modo que os estudantes são vistos como sujeitos de total relevância para a continuação dos docentes na carreira profissional. Da mesma forma, quando os alunos possuem interesse pela licenciatura, a inspiração de docentes é o mais impactante. Todavia, o número de alunos que assumiram estar decididos em seguir a docência é alarmante e expõe a necessidade de manutenção na metodologia e formação de professores, visto que a literatura estudada confirma a negligência na área. Confirma-se, então, o desprestígio dos concluintes do ensino médio da cidade de Uruguaiana com a licenciatura, números que tangenciam o futuro próspero da educação brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
CAMARGO, M.; ANTONIA ANTUNES CAMARGO, M.; MERCANTE GARCIA, M.; ANA PROVENZI, N. O DESPRESTÍGIO DOS CONCLUINTES DO ENSINO MÉDIO DA CIDADE DE URUGUAIANA COM A DOCÊNCIA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.