JURIMETRIA, A CIÊNCIA DE DADOS APLICADA AO DIREITO

  • Giuliana Leon
  • Lauren Pereira Urrutia Barcellos
  • Sandro Da Silva Camargo
Rótulo Justiça, cientrometria, estatística, tecnologia, cidadania

Resumo

i) introdução: Ciência de dados é um campo de pesquisa que usa métodos científicos, processos, algoritmos e sistemas para extrair conhecimento a partir de bases de dados. Na área do direito, a aplicação de ciência de dados é denominada Jurimetria, que foi um termo criado por Lee Loevinger em meados da década de 60, no artigo intitulado Jurimetrics: the next step forward. Conforme o autor, a Jurimetria se atenta às questões de análises quantitativas da conduta judicial, a utilização da lógica matemática na lei, a restauração de dados legais por meios eletrônicos e mecânicos e a elaboração de cálculos de possibilidade legal, uma facilidade ao âmbito jurídico, dando agilidade ao processo. Atualmente, a tecnologia torna-se uma aliada nessa forma de aplicação de estatística no direito, auxiliando os escritórios de advocacia e empresas de tecnologia na área do direito na demonstração de proatividade, conseguindo respostas com agilidade e eficiência, assim como nos tribunais, evitando julgamentos sem uma fundamentação precisa.; ii) objetivo(s): Esta pesquisa bibliográfica teve por objetivo avaliar a aplicação de estatística no Direito; iii) material e métodos: para realização da pesquisa foram utilizados métodos bibliográficos, analisando livros, artigos científicos, observando dados disponíveis em bases de dados abertas; iv) resultados e discussão: Pôde ser observado que a utilização da Jurimetria, tem muito a agregar nos processos jurídicos. Além de ser uma ciência exata, reduzindo a probabilidade de qualquer tipo de julgamento pessoal sob determinada matéria, afasta o perigo das partes, seja acusação ou defesa, de usarem teses que acabam induzindo o magistrado a fazer um julgamento superficial. Além disso, ajuda numa organização justa da sociedade, reforçando a segurança jurídica; v) conclusão: A aplicação da estatística no judiciário, tem função ímpar, sua ajuda começa nos escritórios de advocacia que pretendem lograr novos clientes para suas associações, até as varas auxiliando em uma melhor gestão do tribunal. Aos advogados, monstra eficiência, firma confiança entre contratante e contratado, deixa explícita a forma ágil como pode ser conduzido o processo e a melhor forma o fazer. Aos magistrados, permite que tenham maior confiança em suas decisões, possibilita uma melhor fundamentação de sentença, de forma a torná-la mais justa, exata e coesa. À sociedade, garante segurança jurídica, em saber que, com essa possibilidade de exatidão, casos de injustiça, vão ser reduzidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
LEON, G.; PEREIRA URRUTIA BARCELLOS, L.; DA SILVA CAMARGO, S. JURIMETRIA, A CIÊNCIA DE DADOS APLICADA AO DIREITO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.