AQUISIÇÃO DOS CLÍTICOS DE TERCEIRA PESSOA DO ESPANHOL COMO CONHECIMENTO EXPLÍCITO: VALIDADE DE UM TESTE

  • Aloisio Jacobs
  • Marco Antonio Jorge Ticona
  • Gisele Benck de Moraes
  • Fernando Dias
  • Vera Lucia Duarte Ferreira
  • Eduardo de Oliveira Dutra
Rótulo 1, conhecimento, explícito, 2, clíticos, acusativos, espanhol, 3, validação, instrumento

Resumo

Neste estudo, examinamos a validade do Teste de Produção Escrita (TPE), como medida de conhecimento metalinguístico, relacionado aos clíticos acusativos de terceira pessoa do espanhol. Esse instrumento foi aplicado a dois grupos de estudantes do quarto semestre, pertencentes a diferentes cursos de Letras, de instituição pública (contexto multilíngue) ou privada (contexto bilíngue), no Rio Grande do Sul. O grupo 1 estava formado por doze participantes, enquanto o grupo 2 possuía treze participantes. Quanto ao instrumento de coleta de dados, o TPE apresentava sequência de imagens, relacionadas a um gato, que foram desenhadas a fim de estimularem respostas escritas que contivessem os clíticos acusativos de terceira pessoa. Cada um dos quatros testes utilizados possuía seis imagens. Durante a narração das ações do personagem referido, apenas era possível a retomada do sintagma complemento a partir da segunda imagem. Logo, havia cinco contextos favoráveis à ocorrência da estrutura alvo, em cada um dos quatro instrumentos utilizados, totalizando vinte contextos possíveis de ocorrência dessa forma esperada. A fim de comparar o rendimento do TPE aplicado aos discentes das duas instituições de ensino mencionadas foi aplicado o teste estatístico ANOVA não paramétrico simples (Teste de Kruskal-Wallis), a partir do qual exploramos a hipótese de diferenças de variabilidade no instrumento, uma vez que os dados apresentam evidências de não normalidade, verificados via teste Shapiro-Wilk (p-valor = 0,125 e p-valor =0,00053) (FÁVERO et al, 2009). O nível de significância considerado foi de 5%. A confiabilidade das respostas obtidas pelo instrumento de coleta foi ratificada pelo alpha de Cronbach cujos índices foram de 0,89 e 0,77, respectivamente, para as instituições de ensino pública e privada. Há evidências de que o TPE é medido válida de conhecimento metalinguístico. Além disso, o grupo multilíngue parece ser o grupo com mais consciência linguística.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
JACOBS, A.; ANTONIO JORGE TICONA, M.; BENCK DE MORAES, G.; DIAS, F.; LUCIA DUARTE FERREIRA, V.; DE OLIVEIRA DUTRA, E. AQUISIÇÃO DOS CLÍTICOS DE TERCEIRA PESSOA DO ESPANHOL COMO CONHECIMENTO EXPLÍCITO: VALIDADE DE UM TESTE. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.