ESTUDO PARA IMPLANTAÇÃO DE UM SIG NA ÁREA DE SAÚDE EM ITAQUI-RS

  • Robson Nery
  • Marcos Vinicio Vieira Vita
  • Juliomar Sousa Santos
  • Guilherme Augusto Muzy
  • Dandara Vilhena Delgado
  • Leonard Niero Da Silveira
Rótulo Secretária, Saúde, SIG, UBS

Resumo

Neste começo de século XXI, um dos grandes desafios que administradores e planejadores municipais enfrentam o desafio em melhorar a qualidade de vida nas cidades. Um desses desafios refere-se a atender às exigências da população quanto às suas necessidades de atendimento dentro do perímetro urbano. Em suma, nessa perspectiva, visa atender necessidades de saúde e tomar como objetivo as necessidades dos indivíduos das diferentes classes sociais, que habitam um determinado território, e buscar a melhoria de saúde pública. Os sistemas de informações geográficas (SIGs) são utilizados são para armazenar, manipular e visualizar informações geográficas, que são organizadas sob a forma de uma base de dados espaciais, o objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento das Unidade de saúde na cidade de Itaqui Rio Grande do Sul, sendo estes, ESF (Estratégia de Saúde da Família) e UBS (Unidade Básica de Saúde) e analisar a eficácia da distribuição geográfica dos mesmos. Primeiramente, foi realizado o levantamento prévio das unidades de saúdes, posteriormente realizou-se uma visita a Secretária de Saúde, onde nos reunimos com o Secretário de Saúde, afim de repassar as informações e a localização exata de todas as unidades de saúde, e também nos foi apresentado as existências e uma diferença em relação ao termo unidade de saúde, sendo que estas unidades de saúde podem ser divididas entre: UBS (unidade básica de saúde), ESF (estratégia saúde da família) e policlínicas. Com o conjunto de produtos resultantes temos uma válida e abrangente informação sobre a distribuição das unidades de saúdes, no primeiro mapa averiguamos que os bairros Vila Nova tem a maior densidade demográfica seguida da Promorar, e as menores taxa, são dos bairros, Cerrinho Dois Umbús e Ponte Seca, entretanto nessas duas áreas existe uma menor proporção de área edificada, deixando o dado um pouco tendencioso, no segundo produto, apresenta que não existe uma discrepância em relação ao fator Homem x Mulher. No entanto, vimos que a maior população está concentrada no bairro Chácara e Promorar e a menor população é dos bairros União e Ponte Seca. Com o êxito deste trabalho vimos a real aplicação do SIG, pois é evidente a sua eficácia quanto uma ferramenta de gestão de informações, possibilitando uma melhor organização territorial. Favorecendo então para o planejamento do desenvolvimento da saúde. Indicamos a disposição dos pontos na forma de um mapa, assim facilitando para a população qual a unidade que atende na sua residência (quadra).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
NERY, R.; VINICIO VIEIRA VITA, M.; SOUSA SANTOS, J.; AUGUSTO MUZY, G.; VILHENA DELGADO, D.; NIERO DA SILVEIRA, L. ESTUDO PARA IMPLANTAÇÃO DE UM SIG NA ÁREA DE SAÚDE EM ITAQUI-RS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.