CÁLCULO DAS DEFORMAÇÕES DE PAVIMENTOS FLEXÍVEIS USANDO DIFERENTES EIXOS E VARIANDO A TEMPERATURA

  • Vitoria Farias
  • Andre da Silva
  • Leandro Blass
  • Anderson Bihain
Rótulo Pavimento, Fadiga, Afundamento, trilha, roda

Resumo

Segundo SANTANA (1993), pavimento é uma estrutura construída sobre a superfície obtida pelos serviços de terraplanagem com a função principal de fornecer ao usuário segurança e conforto. A variação da temperatura, a intensidade do trafego de veículos são fatores que podem interferir na estrutura do mesmo. Os veículos comerciais são mais danosos à estrutura, devido à grande capacidade de carga, e, ainda, possuem variadas combinações de geometria de eixos. Os eixos utilizados no trabalho, Eixo Simples de Rodas Duplas (ESRD), Eixo Tandem Duplo (ETD) e Eixo Tandem Triplo (ETT). A equação do módulo de rigidez utilizada foi proposta por Ullidtz (1987) MR=15000-7900log(T), foi analisada para uma espessura de camada de revestimento de 5cm, com dados de temperatura para o mês de fevereiro (BLASS, 2011). Os resultados foram comparados com os dados da temperatura constante de 25 OC usada em projetos pelo DNIT. O objetivo do trabalho é estimar Natr afundamento de trilha de roda e Nfad trincamento por fadiga, para o revestimento de 5cm, e comparar os valores com o DNIT. O software AEMC/SisPav foi utilizado para calcular a onde εt deformação de tração e εc deformação de compressão . As tensões e deformações serão usadas para estimar a vida útil do pavimento Natr e Nfad. Os pontos de análise para cada um dos eixos foram retirados de OLIVEIRA (2016). As análises foram feitas para o mês de fevereiro das 13h00min até as 19h00min. A partir dos valores que foram obtidos através do software AEMC/SisPav foram calculados os valores de Nfad e Natr com as equações proposta pela Federal Highway Administration (FHWA). As equações são: Nfad= 1,092.10-6(1/εt)3,512 e Natr=1,365.10-9εc-4,477.Dessa forma tem-se os resultados para os eixos: ETD Nfad=43458,59584 as 15:00:00h e Natr=31082102,25 as 14:00:00h; ESRD Nfad=121870,8442 as 15:00:00h e Natr=17938800,51 as 14:00:00h; ETT Nfad=45255,54065 as 15:00:00h e Natr=29269244,85 as 18:00:00h. Para a temperatura constante: ETD Nfad=355814,5946 e Natr=46395182,74; Nfad= 721005,3139 e Natr=25517783,18; ETT Nfad=380578,1503 e Natr=30462937,5. Ao serem apresentados os valores do Nfad e Natr conclui-se que a variação da temperatura deve ser levada em consideração nos projetos de pavimentação tendo grande influencia na vida útil de um pavimento. Se forem comparados os resultados fica evidente que o pavimento projetado pelo DNIT considerando a temperatura constante terá uma durabilidade muito menor do que a realidade, ou seja, variando a temperatura. REFERENCIAS BLASS, L. Modelagem Matemática de Respostas Estruturais em Pavimentos Flexíveis Considerando a Variação Sazonal da Temperatura. Ijuí 2011. DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES (DNIT). Quadro de Fabricantes de Veículos. Diretoria de Infraestrutura Rodoviária. Coordenação geral de operações rodoviárias. Abril, 2012. SANTANA, H. Manual de Pré-Misturados a Frio. Instituto Brasileiro de Petróleo, Comissão de Asfalto, Rio de Janeiro-RJ, 1993. 298p

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
FARIAS, V.; DA SILVA, A.; BLASS, L.; BIHAIN, A. CÁLCULO DAS DEFORMAÇÕES DE PAVIMENTOS FLEXÍVEIS USANDO DIFERENTES EIXOS E VARIANDO A TEMPERATURA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.