PROJETO DE UMA TORRE COM BASE VOLANTE PARA A COLETA DE PARÂMETROS METEOROLÓGICOS

  • Taciana Albring
  • Vicente Bergamini Puglia
Rótulo Analise, estrutural, Projeto, mecânico, Potencial, eólico

Resumo

A geração de energia elétrica por meio de turbinas eólicas constitui uma alternativa para diversos níveis de demanda. As pequenas centrais podem suprir pequenas localidades distantes da rede ou a ineficiência da mesma. Quanto às centrais de grande porte, têm potencial para atender uma significativa parcela do Sistema Interligado Nacional. A obtenção da energia eólica também pressupõe a existência de condições naturais específicas e favoráveis. A avaliação do potencial eólico de cada região requer análise e coleta de dados sobre a velocidade e o regime dos ventos. Uma das vantagens dos parques eólicos em sistema complementar com as usinas hidrelétricas, já que em períodos de estiagem, a velocidade do vento costuma ser maior. A qualidade das medições da velocidade do vento, é o fator principal para a concepção de um parque eólico ou mesmo de um sistema autônomo. O uso de torres para coletar esses dados, caracteriza-se por ser uma estrutura de baixo peso, elevada esbeltez. Essas características tornam a torre suscetível à ação do vento, o qual vem a ser o fator determinante para o projeto, tendo de ser projetadas para resistir a essa ação. Com base na necessidade de prospecção e quantificação do potencial eólico do local, constata-se a indispensabilidade de projetar uma torre de baixo porte, com base volante para coletar dados de velocidade de ventos e outros parâmetros meteorológicos da região de interesse, onde a estrutura será desenvolvida com o auxílio de software de elementos finitos. As características particulares mencionadas fazem com que esse tipo de estrutura seja crítico do ponto de vista técnico, já que não só o colapso total ou parcial, mas também a vibração excessiva podem comprometer a qualidade, confiabilidade das transmissões e diminuir a vida útil de outros componentes. Para a concepção do projeto, é indispensável determinar os esforços da torre e de sua base, obter a análise da resposta dinâmica, sob os diferentes aspectos, modelar a estrutura com o auxilio de métodos numéricos. Os parâmetros de pré-processamento para a modelagem numérica é a determinação das forças devidas ao vento, que segue as diretrizes apresentadas pela NBR 6123:1988. O carregamento da estrutura deve-se levar em consideração as ações solicitantes da estrutura, agrupadas de acordo com sua variabilidade no tempo, ou seja, as permanentes: peso próprio da estrutura; e as variáveis: ação do vento. Com isso à as combinações entre elas, a combinação última, que é utilizada para a verificação da resistência dos elementos e a combinações de serviço, que é utilizada para a verificação da deformação dos elementos da estrutura. A determinação das soluções desejadas pela modelagem numérica constitui com a aplicação dos carregamentos na estrutura em software de elementos finitos, onde realiza a análise e retirada dos esforços da base da estrutura e consequentemente seus respectivos diagramas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
ALBRING, T.; BERGAMINI PUGLIA, V. PROJETO DE UMA TORRE COM BASE VOLANTE PARA A COLETA DE PARÂMETROS METEOROLÓGICOS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.