IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA FOTOVOLTAICO AUTÔNOMO BASEADO EM UM INVERSOR SPLIT-SOURCE HÍBRIDO UTILIZANDO MODULAÇÃO SPACE-VECTOR

  • Leonardo Rodrigues
  • Felipe Bovolini Grigoletto
Rótulo Inversor, Split-Source, Híbrido, Sistemas, Fotovoltaicos, Modulação, espaço, vetorial

Resumo

i) Introdução: A geração de energia por meio de sistemas fotovoltaicos (FV) tem crescido substancialmente durante os últimos anos, devendo-se principalmente a preocupação com o meio ambiente e a redução dos custos de instalação. Quando se trata de sistemas fotovoltaicos, a principal aplicação gira em torno de sistemas conectados a rede de distribuição. Por outro lado, sistemas autônomos tem como função operar independente da rede de distribuição, geralmente apresentando um banco de baterias para suprir a carga quando há falhas da fonte primária ou não há luz do sol. Por sua vez, se torna um sistema atrativo para sistemas isolados ou lugares onde acesso à rede elétrica é inviável. Esses sistemas são conhecidos por apresentarem vantagens como: longos intervalos de operação sem ocorrência problemas; longa vida útil; alta confiabilidade e potência gerada dependente apenas do espaço disponível. Com isso em vista, é proposto uma topologia híbrida de fonte dividida com nome de Hybrid Split-Source (H-SSI) que une características interessantes dos inversores Split-Source Inverter (SSI) e Simplified Split-Source Inverter (S³I), possibilitando a conexão de um banco de baterias em um braço, e um sistema de painéis fotovoltaicos em outro. ii) Objetivos: O principal objetivo desse trabalho é acrescentar à literatura atual um novo arranjo topológico baseado no conversor (S³I). Será analisada a implementação de um sistema de controle, assim como uma estratégia de modulação por espaço vetorial (Space Vector Modulation), garantindo a estabilidade do sistema e um bom desempenho para cada um de cinco modos de operação distintos. Além disso, propõe-se também aplicar um método de rastreamento de máxima potência (MPPT) baseado no método Perturba e Observa na etapa elevadora de tensão do conversor para garantir que o sistema opere em seu máximo potencial. iii) Materiais e Métodos: Nesse trabalho, será utilizado o software MATLAB para projeto do sistema de controle, validação da modulação desenvolvida e simulação do inversor proposto. iv) Resultados: Por se tratar de um sistema iniciado há pouco tempo, ainda não há resultados a serem apresentados neste trabalho. v) Conclusão: Por fim, destaca-se a importância de sistemas inversores autônomos para suas respectivas aplicações onde não é possível a implementação de sistemas conectados à rede elétrica. No futuro, prevê-se que o sistema será de importante contribuição para a literatura atual no que se refere a esses sistemas, já que por conta de seu arranjo, possibilita a conexão de dois sistemas de entrada com o barramento CC sem a necessidade de uma topologia elevadora CC-CC.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
RODRIGUES, L.; BOVOLINI GRIGOLETTO, F. IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA FOTOVOLTAICO AUTÔNOMO BASEADO EM UM INVERSOR SPLIT-SOURCE HÍBRIDO UTILIZANDO MODULAÇÃO SPACE-VECTOR. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.