PLATAFORMA STEAM: COLABORAÇÃO EM REDE E A CONSTRUÇÃO DE UMA COMUNIDADE VIRTUAL

  • Juliene Martins
  • Gabriel Mattos Cabral
  • Eloisa Joseane Da Cunha Klein
Rótulo colaboração, rede, plataforma, steam, participação, criativa, criação, conteúdo, comunidade, virtual

Resumo

O presente trabalho visa analisar as formas de interação e geração de conteúdo entre usuários da Steam, plataforma de jogos online criada pela Valve Corporation. A partir da colaboração em rede e a construção de uma comunidade virtual, houve a criação e desenvolvimento de conteúdo, conquistando o público. O objetivo é averiguar a influência do usuário e a participação conjunta em jogos disponíveis na plataforma. A intenção original era combater a pirataria, assim a relevância do estudo é perceber a participação ativa do usuário ou jogador nesse meio. Para entender como ocorre essa colaboração em rede e serviço de troca de conteúdo relacionado com o objeto de estudo, trazemos a autora Eloisa Klein em que definiu enfoques de pesquisa para pensar a disseminação de temas e a fabricação de conteúdo de uma forma fragmentada e coletiva. Desse modo, o usuário da Steam conta com ferramentas para criar e desenvolver skins - roupas e itens personalizados - em diversos jogos gerando conteúdo para a plataforma de maneira colaborativa. Outra forma de cooperação é através da divisão de lucros entre a plataforma e o usuário, conforme a autora sugere que na ligação entre economia e comunicação, a cooperação significa a participação criativa através da coletividade concreta e descentralizada de milhões de produtores autônomos e conectados num movimento de colaboração. Assim, quando as skins produzidas por usuários são lançadas em determinado jogo, seu criador ganha uma porcentagem por cada venda realizada, estimulando a participação da comunidade. Para Pierre Levy, o conceito de comunidade virtual é construída a partir de interesses mútuos, conhecimentos sobre projetos através de sistema de cooperação ou troca, sem estar necessariamente próximo geograficamente. Sendo assim, entendemos que a Steam forma comunidades virtuais através de jogos que os usuários têm interesse, sendo compostas de pessoas de distintos países, etnias e culturas conectados por meio desse espaço. A Steam disponibiliza ferramentas que organiza essa comunidade, com a opção de adicionar jogadores e ter uma lista de amigos onde o usuário pode acompanhar suas atividades. Atualmente a Steam hospeda uma grande comunidade de jogadores, tendo categorias por preferência de estilo de jogo (MOBA, FPS e RPG). Um jogador ao ter uma boa experiência com outro jogador, pode adicioná-lo à sua lista de amigos e convidá-lo para jogar na mesma equipe ou ver suas atividades como conquistas e avanços em diferentes jogos. Caso este tenha uma má experiência com outro, há a opção de reportar com o motivo da denúncia. Assim, o jogador ao receber um número significativo de denúncias é punido, sendo suspenso de buscar partidas devido sua má conduta, melhorando o nivel de jogabilidade entre os usuários. Concluímos que a plataforma Steam fomenta a colaboração participativa de seus usuários através da criação de conteúdo para jogos e interação de sua comunidade, em que há uma moderação feita pelos próprios integrantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
MARTINS, J.; MATTOS CABRAL, G.; JOSEANE DA CUNHA KLEIN, E. PLATAFORMA STEAM: COLABORAÇÃO EM REDE E A CONSTRUÇÃO DE UMA COMUNIDADE VIRTUAL. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.