O POÉTICO-ESTÉTICO NA PUBLICIDADE: ANÁLISE DO VT "PARE O MUNDO QUE EU QUERO NESTLÉ"

  • Karen Vargas
  • Marcelo Da Silva Rocha
Rótulo Poético-estético, Surrealismo, Criatividade

Resumo

Introdução: Conduziremos por meio da relação da criatividade e a concepção poética-estética, no paralelo entre Surrealismo e Publicidade. A criação está ligada a dar um novo sentindo para as experiências, que estão guardadas no fundo das nossas memórias. Onde a concepção poético-estético na publicidade, trata não só na busca de lucro e consumo, buscando a quebra da normativa, e também o despertar da atividade mental, utilizando de significados, que vão ligar o elemento inscrito na peça com as suas lembranças, gerando a atividade mental e renovação de signos. A análise do VT vai se suceder por meio de uma categorização das mensagens visuais (mensagem plástica e icônica), buscando entender de que maneira esses conceitos aparecem na obra e se ela consegue fugir dessas normativas duras que a publicidade está muito ligada. Metodologia: O método de pesquisa que iremos utilizar apresenta elementos básicos para a análise de imagens, a mensagem plástica e mensagem icônica. A mensagem plástica envolve elementos, como as cores, formas, texturas. A icônica envolve, os elementos icônicos presentes no objeto. Juntas são complementares, vão ser a parte representante por trás da mensagem visual de um objeto, responsáveis por transmitir sensações. A análise vai se desenvolver por meio de uma categorização, permeando pelos elementos que incorporam a mensagem plástica, icônica e o surrealismo. Resultados: Como resultados trazemos as categorias que iram ser utilizadas para analise, começando pelo espaço, percurso que a personagem realiza e a questão de que o carrossel dá voltas, mas não chega a lugar nenhum. O tempo vai fazer relação com o tempo de trabalho, que é sempre cronometrado corrido, fazendo essa referência a correria de um trabalho maçante quase como nas fabricas de produção em massa. A ruptura, esfera onde coaduna o principal motivador do surrealismo e do poético estético, a fuga do habitual, os dois tentam romper com os valores normativos, essa ruptura aparece muito forte no formato novo do mundo que seria o carrossel e também surge no momento que ela interrompe esse ciclo do carrossel e para o mundo. O onirismo é muito forte nas peças que utilizam o surrealismo, o universo que o VT cria é um mundo dos sonhos. O desejo aparece muito forte por ela parar o mundo inteiro por conta do desejo, e mobilizar ele. Conclusão: Considerando os conceitos utilizados, como o poético-estético, detentor dessa investida no despertar da atividade mental do seu espectador e com a potencialidade em romper com essa normativa que a publicidade comumente busca, despontar esse padrão. O surrealismo no seu princípio tem como ponto principal essa renovação de valores. Vislumbra-se então que esses dois conceitos que trabalham com essa ruptura do comum, estão presentes em uma concomitância no VT Pare o mundo que eu quero Nestlé, onde pode-se assim dizer que a publicidade vai muito além, propriamente como uma obra de arte.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
VARGAS, K.; DA SILVA ROCHA, M. O POÉTICO-ESTÉTICO NA PUBLICIDADE: ANÁLISE DO VT "PARE O MUNDO QUE EU QUERO NESTLÉ". Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.