A ESCOLA ENQUANTO ESPAÇO DE DISCUSSÃO SOCIAL E DE CIDADANIA

  • Maria Cardoso
  • Cristiane Trindade Botta
  • Marlise Grecco de Sousa Silveira
  • Jeferson Rosa Soares
  • Thiago Marques Silva
  • Ailton Jesus Dinardin
Rótulo Palavras-Chave, Estudo, Pesquisa, Debate, Oportunidade, Valores

Resumo

O design thinking é um conceito que surgiu dentro da área de design, mas que pode ser aplicado em qualquer outra. O significado é justamente o que o termo em inglês propõe: uma maneira de pensar através do design. Ou seja, com criatividade e simplicidade, em busca de múltiplas soluções possíveis e sempre com foco nas pessoas. O Design Thinking não é uma fórmula para resolver todos os problemas, mas seguindo cada uma de suas etapas, é possível identificar os pontos que precisam de modificações. A proposta de intervenção através do Design Thinking ocorreu na Escola Estadual de Ensino Fundamental Uruguaiana, com 55 alunos do ensino fundamental do 1º ao 9º ano, com idades entre 06 e 18 anos sendo que 24 do sexo feminino e 31 do sexo masculino, durante o período de aula no turno da manhã. Foi utilizado um questionário, com provocações sobre o pensam e o que sentem a respeito do mundo, suas preocupações com a violência e com a corrupção, preocupações quanto ao estudo e com os objetivos profissionais e pessoais. Dentre os objetivos a ser obtido com esta pesquisa, estão: oportunizar aos alunos um espaço de reflexão sobre sua realidade, identificando os seus principais problemas; apontar possíveis soluções para estes problemas e possibilitar uma discussão sobre as visões de mundo, respeitando e aprendendo com as diferenças. A análise das respostas possibilitou aos professores entender os anseios e angustias de seus alunos. Os alunos responderam que se sentem felizes em relação ao mundo, no entanto, preocupam-se com a violência e corrupção, manifestando preocupações quanto aos estudos e alcance de seus objetivos profissionais e pessoais. Responderam que são influenciados pela família, principalmente pelas mães e que suas decisões de compra chegam até eles através de propagandas e das redes sociais, que são os seus principais meios de comunicação, tendo o celular como instrumento de acesso à rede mundial de computadores (internet). Diante das respostas dos alunos, fica claro que estão felizes no mundo em que vivem, mas se preocupam com a violência, com a corrupção e com a situação financeira de suas famílias. Estas preocupações remetem ao papel da escola, que deve pautar seu planejamento na formação cognitiva, emocional e no desenvolvimento da autonomia intelectual, articulando diferentes áreas do conhecimento. Os estudos não se esgotam aqui, continuaremos as atividades relacionadas ao projeto, reforçando as demais competências para aperfeiçoar as práticas escolares. .

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
CARDOSO, M.; TRINDADE BOTTA, C.; GRECCO DE SOUSA SILVEIRA, M.; ROSA SOARES, J.; MARQUES SILVA, T.; JESUS DINARDIN, A. A ESCOLA ENQUANTO ESPAÇO DE DISCUSSÃO SOCIAL E DE CIDADANIA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.