OTIMIZAÇÃO DA COLETA DE DADOS DE TELEMETRIA IN-BAND

  • Victor Lopes
  • Sérgio Rossi Brito da Silva
  • Ariel Góes de Castro
  • Francisco Germano Vogt
  • Marcelo Caggiani Luizelli
Rótulo monitoramento, infraestruturas, rede, telemetria, in-band

Resumo

O monitoramento de infraestruturas de rede é uma tarefa essencial para a correta operação dos serviços e aplicações de rede (por exemplo, redes sociais e streaming de vídeo). Para garantir que a infraestrutura esteja operando corretamente, protocolos de gerenciamento tradicionais como o SNMP são utilizados para coleta de dados estatísticos do estado atual dos equipamentos (por exemplo, roteadores). Apesar de fornecer dados sobre o estado de funcionamento dos serviços e equipamentos, protocolos como o SNMP apresentam limitada frequência e abrangência de coleta dos dados monitorados. Dessa forma, problemas e/ou anomalias são potencialmente identificadas de forma tardia. A telemetria in-band é uma abordagem recente para o monitoramento de infraestruturas de rede. A telemetria in-band consiste em encapsular informações de monitoramento relacionados ao estado interno dos dispositivos (por exemplo, utilização da fila e tempo de transmissão) diretamente em pacotes de dados que transitam pela infraestrutura. Operadores de rede podem, então, utilizar-se de tais dados para ter uma maior visibilidade do estado da infraestrutura, permitindo a identificação prematura de problemas e anomalias. A telemetria in-band pode ser implementada de duas maneiras. Na primeira, os dados de telemetria são encapsulados nos nos cabeçalhos de pacotes de fluxos ativos que transitam na infraestrutura. Na segunda estratégia, pacotes sem carga útil de dados são gerados e encaminhados pela infraestrutura de rede através de um caminho previamente computado. Neste trabalho, explora-se a segunda estratégia de implementação da telemetria in-band. Para tanto, este trabalho objetiva otimizar o número de pacotes gerados de forma a garantir que todos os roteadores da infraestrutura sejam alcançados. Modela-se o problema matematicamente através de um modelo de programação linear inteiro e compara-se os resultados obtidos com heurísticas propostas na literatura recente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
LOPES, V.; ROSSI BRITO DA SILVA, S.; GÓES DE CASTRO, A.; GERMANO VOGT, F.; CAGGIANI LUIZELLI, M. OTIMIZAÇÃO DA COLETA DE DADOS DE TELEMETRIA IN-BAND. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.