O PAPEL DO ENFERMEIRO NA ALTA HOSPITALAR

  • Nathalia Auzani
  • Emerson Nunes Risso
  • Raquel Potter Garcia
Rótulo Enfermagem, Alta, hospitalar, Educação, saúde

Resumo

Introdução: Os enfermeiros desenvolvem um papel relevante na alta hospitalar, pois muitas das informações que os pacientes recebem são por meio destes profissionais. As orientações e preparo da alta hospitalar auxiliam para um melhor cuidado do paciente e seus familiares, prevenindo possíveis complicações. Deste modo, justifica-se a realização de trabalhos que evidenciem o papel do enfermeiro junto ao processo de alta hospitalar com vistas a aperfeiçoar esta prática. Objetivo: Conhecer a produção científica da Scientific Electronic Library Online (Scielo) sobre o papel do enfermeiro na alta hospitalar. Método: Revisão narrativa, a qual auxiliará no fornecimento de subsídios para a construção de um projeto de extensão. Teve como questão de pesquisa: como é abordado o papel do enfermeiro na alta hospitalar?;foi realizada na Scielo no mês de setembro de 2019. Os critérios utilizados as selecionar os artigos: ser da temática, estar com texto completo na íntegra e idioma português. A busca ocorreu com o operador booleano and entre as palavras Enfermagem, Alta hospitalar, educação em saúde. Encontrou-se inicialmente um total de 16 arquivos, utilizando o filtro de áreas temáticas Enfermagem total de 14 arquivos, e o filtro tipo de literatura total de 12 arquivos. Para a análise dos estudos realizou-se a leitura na íntegra dos estudos e os dados foram agrupados por temáticas. Resultados: Os principais tópicos abordados nos estudos foram a importância do enfermeiro no processo de educação em saúde para a alta hospitalar e também como colaborador para a redução de ansiedade dos pacientes e familiares quanto aos cuidados para o domicílio. Os enfermeiros devem estar capacitados para o preparo da alta hospitalar e instrumentalizados de estratégias educativas que promovam a adesão ao tratamento proposto, autocuidado e adaptação das condições de saúde posteriores a internação, colaborando para a diminuição de reinternações e hospitalizações. Ainda percebe-se no cotidiano hospitalar, a ansiedade, insegurança e desconhecimento dos familiares e pacientes no momento próximo à alta, devido a precariedade de informações quanto aos cuidados a serem realizados no domicílio, fazendo com que muitos deixem o hospital com dúvidas. Assim, o enfermeiro pode colaborar para tornar este processo menos doloroso, especialmente por meio de ações que envolvam a alta hospitalar não somente na data da alta, mas também durante a internação. Conclusão: O papel do enfermeiro junto ao processo de alta hospitalar envolve diversos aspectos, porém os estudos fortaleceram a ideia de que este profissional deve estar preparado para a realização desta atividade, incluindo-a como parte de suas funções cotidianas. Os estudos encontrados não abordaram questões referente a abordagens e estratégias inovadoras para a alta hospitalar, fato que pode ser melhor investigado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
AUZANI, N.; NUNES RISSO, E.; POTTER GARCIA, R. O PAPEL DO ENFERMEIRO NA ALTA HOSPITALAR. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.