DIFICULDADES E CONDUTAS ADOTADAS POR PUÉRPERAS DURANTE O ALEITAMENTO MATERNO: REVISÃO INTEGRATIVA

  • Natália Rodrigues
  • Talita Menezes Lopes
  • Lisie Alende Prates
Rótulo Aleitamento, materno, Período, pós-parto, Saúde, mulher

Resumo

Apesar de todos os benefícios do aleitamento materno, as taxas dessa prática permanecem ainda abaixo das recomendações do Ministério da Saúde. Uma das causas para o desmame precoce ou mesmo a falta de adesão ao aleitamento materno envolve inúmeras dificuldades enfrentadas pela puérpera nesse processo. Identificar as evidências científicas disponíveis na literatura sobre as dificuldades e condutas adotadas por puérperas durante o aleitamento materno. Revisão integrativa de literatura, realizada em setembro de 2019, nas bases de dados: Literatura Latino-Americana do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e na base de dados da Enfermagem (BDENF); utilizando os descritores: "aleitamento materno" [Descritor de assunto] and "período pós-parto" [Descritor de assunto] and "2014" or "2015" or "2016" or "2017" or "2018" [País, ano de publicação]. Como critérios de inclusão elencou-se os artigos oriundos de pesquisas, disponíveis na íntegra online e de forma gratuita; e no idioma português. Já os critérios de exclusão abrangeram artigos que não responderam a questão de pesquisa. Dentre as dificuldades enfrentadas pelas puérperas durante o aleitamento materno, identificou-se as fissuras e rachaduras mamilares, ingurgitamento mamários, mastalgia, sensação de pouco leite ou leite fraco, pega incorreta, mamilos invertidos e mastites. Cada dificuldade repercutiu em uma conduta específica, mas, de maneira geral, as puérperas utilizaram mel, pomadas, óleos, a saliva do bebê ou o próprio leite, realizaram massagens, lavaram o seio com água quente, alternaram as posições de mamadas, realizaram banhos e sol, utilizaram compressas mornas e realizaram a ordenha do leite materno. Verificou-se que as dificuldades e algumas condutas equivocadas (ou desatualizadas) estão associadas, principalmente, com a falta de informação das puérperas. Durante o puerpério, estas mulheres, muitas vezes, estão desassistidas pelos profissionais de saúde e, com isso, são orientadas por familiares ou pessoas da comunidade para realização de condutas que levam ao desmame precoce. Dessa forma, reconhece-se a importância de atuação profissional durante o processo de adesão e manutenção do aleitamento materno, de modo que diante das dificuldades, a puérpera possa ser acolhida, assistida, acompanhada e auxiliada, com as condutas mais adequadas e eficazes para a continuidade dessa prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
RODRIGUES, N.; MENEZES LOPES, T.; ALENDE PRATES, L. DIFICULDADES E CONDUTAS ADOTADAS POR PUÉRPERAS DURANTE O ALEITAMENTO MATERNO: REVISÃO INTEGRATIVA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.