SERVIÇOS DE SAÚDE OFERTADOS À POPULAÇÃO TRANSEXUAL: REVISÃO INTEGRATIVA

  • Talita Lopes
  • Thaís Barbosa Barreto
  • Natália Alves Rodrigues
  • Lisie Alende Prates
Rótulo Pessoas, transgênero, Assistência, integral, à, saúde, Cuidados, enfermagem, Enfermagem

Resumo

Introdução: o termo transexualidade se refere à condição do indivíduo que possui uma identidade de gênero diferente da designada no seu nascimento. Estes indivíduos se identificam com o sexo oposto e, muitas vezes, optam pela alteração de gênero por meio da transição social, terapia hormonal e/ou intervenções cirúrgicas. Objetivo: analisar as evidências científicas disponíveis na literatura acerca dos serviços de saúde ofertados para a população transexual. Material e métodos: revisão integrativa de literatura, realizada em maio de 2019, nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Base de Dados de Enfermagem (BDENF), na qual utilizou-se os descritores pessoas transgênero e serviços de saúde para pessoas transgênero. Como critérios de inclusão elencou-se os artigos oriundos de pesquisas, disponíveis na íntegra online e de forma gratuita; nos idiomas português, inglês ou espanhol; publicados nos últimos cinco anos devido ao critério de exequibilidade analítica. Já os critérios de exclusão abrangeram artigos que não responderam a questão de pesquisa. Com esta estratégia de busca, foram localizados 51 artigos, sendo 44 na LILACS e sete na BDENF. Vinte artigos foram selecionados para análise, os demais foram excluídos por não serem artigos de pesquisas primárias, por não responderem a questão de pesquisa e devido ao recorte temporal. Resultados e discussão: a população transexual possui singularidades e particularidades que solicitam um tratamento diferenciado nos serviços públicos de saúde, como atendimentos especializados que compreendam suas necessidades de transformação social e corporal. Porém, há inúmeras dificuldades no acesso e na permanência destes indivíduos nos serviços de saúde, evidenciadas pelo desrespeito ao uso do nome social e a transfobia como obstáculo à busca de serviços de saúde e causa dos abandonos de tratamentos em andamento. Além disso, os estudos apontam dificuldades dos profissionais de saúde quanto ao atendimento a essa população, devido à falta de informação, principalmente relacionada à terapia hormonal. Conclusão: verificou-se que as publicações enfatizam as dificuldades encontradas pelos profissionais de saúde no manejo clínico e na abordagem de pacientes transexuais. Ainda, há lacunas na literatura quanto aos cuidados voltados para a população transexual. Em vários estudos também foram citadas as dificuldades que esta população enfrenta no acesso aos serviços de saúde, relacionadas com o medo de sofrer preconceito e por despreparo dos profissionais. Por fim, constatou-se que nenhum estudo explorou, especificamente, o cuidado de enfermagem às pessoas transexuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
LOPES, T.; BARBOSA BARRETO, T.; ALVES RODRIGUES, N.; ALENDE PRATES, L. SERVIÇOS DE SAÚDE OFERTADOS À POPULAÇÃO TRANSEXUAL: REVISÃO INTEGRATIVA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.