A PERCEPÇÃO DO ENVELHECIMENTO SOBRE A PERSPECTIVA DE IDOSAS QUE FREQUENTAM UM PROGRAMA DE EXERCÍCIOS AQUÁTICOS

  • Géssica Schlemmer
  • Deise Iop Tavares
  • Mariana Pes Turchiello
  • Alecsandra Pinheiro Vendrusculo
  • Amanda Figueiró dos Santos
  • Melissa Medeiros Braz
Rótulo Idoso, Exercícios, Pilates

Resumo

Introdução: O processo de envelhecer é dinâmico e progressivo, com modificações morfológicas, fisiológicas, bioquímicas e psicológicas, que geram perda progressiva da capacidade de adaptação do indivíduo. Dessa forma, torna-se relevante refletir a cerca dessas perdas, sentimentos de incapacidade e autodesvalorização que possam acompanhar essa fase da vida. Tendo em vista que exercícios em meio líquido são efetivos nos aspectos psicológicos, infere-se que a intervenção do método Pilates na Água (PA) pode melhorar a percepção do envelhecimento de idosas sedentárias (DRESCH; BARCELOS; CUNHA; SANTOS, 2018). Sendo essa temática de grande relevância, e analisando todos os aspectos que englobam a vivência da terceira idade, considerando inclusive, a complexidade e integralidade da atenção à saúde do idoso, o presente estudo teve como objetivo verificar os efeitos do método Pilates na Água sobre a percepção do envelhecimento de idosas sedentárias. Materiais e Métodos: A presente pesquisa é do tipo exploratória, descritiva e quase experimental, sem grupo controle, com pré e pós teste. A amostra foi por conveniência, constituída de 30 idosas, com média e desvio padrão de idade de 68,7 ± 5,86 anos, respectivamente, provenientes da cidade de Santa Maria/RS. A pesquisa teve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (03467718.5.3001.5306). As participantes foram avaliadas pré e pós programa de PA através do questionário Aging Perception Questionnaire (APQ) e uma ficha constando os dados da anamnese. O programa de PA foi realizado duas vezes na semana, durante 8 semanas, totalizando 16 sessões. A duração das sessões de PA era de aproximadamente 50 minutos, sendo dividido em aquecimento, parte principal que envolveu exercícios de fortalecimento em geral e alongamentos. Resultados e Discussão: Houve melhora significativa em alguns domínios do APQ, sendo eles: linha do tempo crônica, consequências positivas e consequências negativas, não ocorrendo nos domínios controle positivo, controle negativo, e representação emocional. Em um estudo realizado por Keong (2010) o qual avaliou a percepção do envelhecimento de idosas viúvas e casadas corrobora no que diz respeito aos sentimentos de controle que idosas casadas apresentam valores menores comparado as viúvas. Conclusão: A partir dos resultados encontrados, observou-se que o Método Pilates na Água por ser uma modalidade de exercícios que associa princípios do método aos do meio líquido e considerado uma atividade prazerosa, foi uma intervenção eficaz para melhorar e contribuir para percepções mais positivas acerca do envelhecimento das participantes desta pesquisa. Em vista disso, sugere-se mais investigações com o PA, visto que esse é um recurso apropriado para idosos e capaz de gerar muitos benefícios, embora as pesquisas sobre o assunto ainda sejam escassas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
SCHLEMMER, G.; IOP TAVARES, D.; PES TURCHIELLO, M.; PINHEIRO VENDRUSCULO, A.; FIGUEIRÓ DOS SANTOS, A.; MEDEIROS BRAZ, M. A PERCEPÇÃO DO ENVELHECIMENTO SOBRE A PERSPECTIVA DE IDOSAS QUE FREQUENTAM UM PROGRAMA DE EXERCÍCIOS AQUÁTICOS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.