AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DA NATAÇÃO SOBRE O PESO, FORÇA E MASSA MUSCULAR EM CAMUNDONGOS

  • Luciana Viana
  • Thauana Silveira Gomes
  • Kellen Athaide Rocha
  • Márcio Tavares Costa
  • Eloá Ferreira Yamada
  • Morgana Duarte da Silva
Rótulo Músculo, Resistência, Cardiovascular

Resumo

Os exercícios são constituídos por subgrupos de atividades físicas planejadas com a finalidade de manter o condicionamento. Neste processo, as atividades são desenvolvidas com repetições sistemáticas de movimentos orientados, ocasionando aumento no consumo de oxigênio devido à solicitação muscular e gerando trabalho. De fato, qualquer atividade muscular, gera força e interrompe a homeostase. Um exemplo é a natação, capaz de melhorar o desempenho físico, retardar o estado de fadiga muscular e prevenir processos inflamatórios nos pulmões. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar a influência da natação sobre o peso corporal, força e massa muscular em camundongos do tipo Swiss. Para tanto, estes animais (CEUA: 003/2019) foram divididos em dois grupos: controle (n=8) e natação (n=8). O grupo natação foi adaptado de forma gradual durante quatro dias ao exercício. Após a adaptação, os animais foram submetidos à natação por 30 min - sem pausa, diariamente, por 14 dias. Enquanto o grupo controle permaneceu sem atividade física. Durante o processo, foi coletado o peso dos animais na fase inicial, intermediária e final. Ao término do protocolo de exercício, utilizou-se um medidor de força de preensão (Grip force) para medir a força dos membros dianteiros, traseiros e dos quatro membros. Por fim, os dois grupos foram eutanasiados e o gastrocnêmico esquerdo coletado para análise da razão do seu peso úmido pelo seco. Os resultados demonstram que o grupo natação manteve seu peso médio ao longo do protocolo de exercício, enquanto o grupo controle elevou seu peso ao longo do protocolo. Havendo diferença significativa entre os grupos a partir do sétimo dia (p = 0,0013). Na avaliação de força das patas dianteiras, traseiras e quatro patas houve acréscimo significativo do grupo natação em relação ao grupo controle de 47, 16 e 40,5%, respectivamente (p < 0,0001). Em conjunto, os camundongos nadadores, apresentaram um aumento significativo médio de 3% na razão do peso seco pelo úmido no gastrocnêmico esquerdo, avaliado após eutanásia. Neste sentido, inúmeros são os benefícios da natação. O presente estudo demonstra que o exercício pode auxiliar na manutenção do peso corporal com ganho de massa muscular e consequentemente de força dos indivíduos. No momento, as perspectivas do trabalho envolvem análises de estresse oxidativo dos principais órgãos, músculo e soro dos animais; bem como a comparação da razão desses e o peso total do animal. Além de testes comportamentais e histologia do fígado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
VIANA, L.; SILVEIRA GOMES, T.; ATHAIDE ROCHA, K.; TAVARES COSTA, M.; FERREIRA YAMADA, E.; DUARTE DA SILVA, M. AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DA NATAÇÃO SOBRE O PESO, FORÇA E MASSA MUSCULAR EM CAMUNDONGOS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.