GERMINAÇÃO DE GENÓTIPOS DE AVEIA EM NÍVEIS DE SALINIDADE

  • Valéria Corrêa
  • Maurício Gomes Locatelli
  • William Bertin Paloschi
  • Gabriel Vichara Chaves
  • Acacio da Rocha Guedes da Luz
  • Guilherme Ribeiro
Rótulo Avena, sativa, strigosa, Estresse, abiótico

Resumo

A cultura da aveia, tanto branca (Avena sativa) como preta (Avena strigosa) são as principais espécies forrageiras hibernais do Estado do Rio Grande do Sul. Condições de solo como a salinidade elevada interfere na taxa de embebição de água da semente e estabelecimento inicial da cultura. Uma das formas de selecionar genótipos tolerantes a níveis salinos é através do teste de germinação e adaptação a diferentes concentrações de sais, como o cloreto de sódio. Diante disso, objetivou-se avaliar a germinação de cinco genótipos entre aveias brancas e pretas e identificar quais poderiam ser promissores para a tolerância da salinidade. As sementes de aveia foram colocadas para germinar sobre duas folhas de papel germitest acondicionadas em caixas gerbox, umedecidas com água destilada ou com solução salina, preparada nas concentrações de 2,8 e 5,6 g L-1 de NaCl e mantidas em câmara climatizada na temperatura de 20ºC. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 (doses) x 5 (cultivares), com quatro repetições de 25 sementes cada. Foi avaliado o número de plântulas normais efetuado pelo cálculo de porcentagem de germinação, efetuada aos 10 dias após semeadura, conforme regras de análises de sementes. Não houve diferenças estatísticas entre as cultivares estudadas, somente houve diferenças nas concentrações de sais ao nível de 5% de significância. A germinação foi afetada pelo aumento nas concentrações de sais, exceto para um genótipo de aveia branca. O genótipo de aveia preta Coxilha apresentou maior redução na germinação quando comparado à testemunha com a maior concentração utilizada (5,6 g L-1). O genótipo de aveia branca AF 1355 não diferiu entre as concentrações aplicadas, indicativo de maior tolerância do genótipo a este fator, podendo ser utilizada em áreas que apresentem este comportamento. As cultivares de aveias pretas demonstraram ser mais sensíveis às concentrações de salinidade, embora não diferindo das demais, em valores absolutos houve maior redução da germinação comparada com as aveias brancas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
CORRÊA, V.; GOMES LOCATELLI, M.; BERTIN PALOSCHI, W.; VICHARA CHAVES, G.; DA ROCHA GUEDES DA LUZ, A.; RIBEIRO, G. GERMINAÇÃO DE GENÓTIPOS DE AVEIA EM NÍVEIS DE SALINIDADE. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.