PRODUÇÃO E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DO LEITE DE VACAS EM DIFERENTES PERÍODOS DE LACTAÇÃO

  • Andressa Käfer
  • Fernanda Dias da Rosa
  • Luciane Rumpel Segabinazzi
  • Guilherme Joner
Rótulo Metanálise, Gordura, Leite, Lactose

Resumo

O ciclo de lactação da vaca leiteira abrange o espaço entre dois partos, sendo dividido em terço inicial, terço médio e terço final da lactação. O terço inicial da lactação é a fase que inspira maiores cuidados, principalmente em animais de alta produção, uma vez que o consumo de alimentos está correlacionado com toda a produção da lactação. O objetivo foi avaliar o período de lactação da vaca sobre a produção e composição do leite. O estudo foi realizado através da revisão sistemática da literatura com busca na plataforma Google Acadêmico. Os termos utilizados foram vacas leiteiras, composição do leite, proteína degradável e energia líquida. Inicialmente foram encontradas 125 publicações no período de 2003 a 2018, porém, neste trabalho constam dados referentes a 2.252 animais advindos de 27 publicações. As demais publicações foram desprezadas uma vez que não traziam informações para a metanálise. A partir disso, os dados foram organizados e tabulados em uma planilha eletrônica, onde foi abastecida com informações referentes a qualidade e quantidade de leite produzido em diferentes fases da lactação. Os dados foram analisados em dois períodos de lactação: 0-150 dias e 150-300 dias na lactação. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste t de Student ao nível de 5% de probabilidade, com auxílio do software estatístico SAS. O período de lactação não trouxe diferença significativa para as variáveis de composição e produção de leite corrigida para 3,5 e 4,0% de gordura (23,52 vs. 22,89kg; 22,18 vs. 22,25kg), respectivamente. De acordo com a literatura, os teores de proteína bruta do leite são maiores no início e no fim da lactação e apresentam decréscimo na fase intermediária. No entanto, neste estudo não foi possível verificar tal fato, pois, não houve diferença entre os períodos de lactação analisados (3,14 vs. 3,21%). Com menor intervalo de dias analisados, períodos com menos dias, pode-se ter resultados diferentes que podem ir de encontro com a literatura. Os teores de lactose também não sofreram influência do período de lactação (4,31 vs. 4,35%). Não houve diferença nas concentrações de nitrogênio ureico leite nos diferentes períodos (12,47 vs. 12,80%), apresentando-se dentro dos níveis indicados na literatura que variavam de 10 a 16 mg/dl, indicando que os animais estão recebendo manejo nutricional adequado e também há adequação na relação energia:proteína da dieta. O período da lactação apresentou pouca influência na produção e composição do leite. Tal efeito pode ser reflexo da seleção de vacas de alta produção que não possibilitam a visualização de diferenças na qualidade do leite nas diferentes fases da lactação. O estudo com o auxílio da metanálise mostrou-se bastante relevante uma vez que permite a associação de múltiplos estudos similares.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
KÄFER, A.; DIAS DA ROSA, F.; RUMPEL SEGABINAZZI, L.; JONER, G. PRODUÇÃO E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DO LEITE DE VACAS EM DIFERENTES PERÍODOS DE LACTAÇÃO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.