AUMENTO DA PRODUÇÃO DE LEITE EM DISPOSIÇÃO AO PASTO

  • Guilherme Machado
  • Rochelle Stefanny Maurante Soares
  • Taiani Ourique Gayer
  • Letícia Fraporti
  • Adriana Castro Fortes
  • Luana Cristina Ludwig
  • Deise Dalazen Castagnara
Rótulo Produtividade, Pastagem, Azevém, Annoni

Resumo

INTRODUÇÃO: A nutrição é um dos maiores custos dentro de uma propriedade, porém, se os recursos forem bem investidos é grande o retorno em produção leiteira. Sendo assim, o objetivo desse trabalho foi comparar a produção láctea de vacas do Tambo de Leite da Unipampa com oferta em diferentes pastagens recebendo a mesma quantidade de concentrado. METODOLOGIA: Foram monitoradas por vinte dias a capacidade produtora de leite das vacas que compõem o rebanho leiteiro da Unipampa, manejadas sob pastagens diferentes. Para a coleta de dados foi consultado o banco de dados do setor, alimentado diariamente com informações sobre alimentação dos animais e produção leiteira. As pastagens utilizadas pelo rebanho constituíram campo nativo infestado com capim-annoni (Eragrostis plana Nees) e azevém (Lolium multiflorum). Para a comparação utilizou-se um período de dez nos quais as vacas foram manejadas na pastagem de azevém e dez dias na pastagem de campo nativo e. A seleção do intervalo de dez dias para uso dos dados considerou um período de adaptação de 15 dias após cada troca de pastagens. Durante esse período os animais receberam a mesma quantidade de concentrado, sendo 5kg para cada animal dividido em duas refeições. O delineamento utilizado para análise dos dados foi o em blocos casualizados, com dois tratamentos (diferentes pastagens) e dez repetições (blocos). O efeito do tempo foi isolado nos blocos atendendo o princípio básico da experimentação do controle local. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância, e por tratarem-se de apenas dois tratamentos, esta foi conclusiva, comparando-se as médias dos tratamentos pelo teste F de Fisher (5%). RESULTADOS E DISCUSSÃO: Durante os dez primeiros dias da pesquisa, onde as vacas estavam na pastagem de campo nativo e annoni, o total ordenhado foi de 327 litros resultante de todos os animais, onde era realizado duas ordenhas ao dia, sendo uma pela manhã e a outra pela tarde. A média de produção de leite por animal nesse período foi de 10,7 litros, um valor considerado baixo, deixando evidente que sistemas extensivos de produção acarretam prejuízo para o produtor rural. O período em que os animais ficaram na pastagem de azevém, durante todo o dia e noite, obteve-se o aumento de 30,7% da produção de leite, sendo o total de 427 litros, seguindo a mesma conduta nas ordenhas, sendo que a média por vaca nesse período foi de 14,3 litros. Esse aumento de produção deveu-se ao alto teor de proteína bruta, menores teores de fibra e maior digestibilidade da pastagem de azevém, que em contraposição, o capim-annoni por possuir altos teores de constituintes fibrosos, principalmente lignina e menores níveis de proteína e quando pastejados por vacas em lactação acarretam na diminuição de leite. CONCLUSÃO: A oferta de uma pastagem adequada para as vacas em lactação está diretamente ligada à capacidade de produção de leite. Pastagens de campo nativo e capim-annoni diminuem o potencial produtivo de vacas em lactação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
MACHADO, G.; STEFANNY MAURANTE SOARES, R.; OURIQUE GAYER, T.; FRAPORTI, L.; CASTRO FORTES, A.; CRISTINA LUDWIG, L.; DALAZEN CASTAGNARA, D. AUMENTO DA PRODUÇÃO DE LEITE EM DISPOSIÇÃO AO PASTO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.