BOVINOCULTURA LEITEIRA: ANÁLISE DA PRODUÇÃO NA REGIÃO DA CAMPANHA GAÚCHA

  • Silvana Trindade
  • Leandro Vaz da Silva
  • Claudio Marques Ribeiro
Rótulo Campanha, gaúcha, Produção, leiteira, Produtividade

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar e analisar dados da produção de leite na região da Campanha Gaúcha, bem como discutir sobre seu enquadramento e importância na participação da produção leiteira em nível nacional. O trabalho foi desenvolvido através de pesquisas bibliográficas consistentes, na procura de dados relevantes que apresente com nitidez de acordo com os objetivos deste estudo. Trata-se de uma pesquisa de caráter quantitativo e descritiva, utilizando de instrumento coleta de dados e averiguação do pesquisador. Foram utilizados sites de empresas e institutos de pesquisas agropecuárias e de pesquisa econômica além de artigos científicos publicados em periódicos, que auxiliam nas análises dos dados. Ao reunir os dados, os mesmos foram computados em tabelas com demonstração de porcentagens de produção de leite nos municípios que compõem a região da Campanha Gaúcha tendo também a observação de figuras e gráficos que ajudam em uma visualização mais detalhada da produção. Feito isso, tem-se finalmente uma análise descritiva sobre os dados coletados a fim de discutir sobre o que eles representam bem como a significância do setor leiteiro no território gaúcho. A evolução da produção de leite no Rio Grande do Sul com a produção brasileira entre os anos de 2000 e 2015 cresceu gradativamente acompanhando um ao outro seus desenvolvimentos. A incorporação de tecnologias atualizadas e melhorias no controle sanitário são fatores que contribuíram para esta evolução permitindo ganhos de produtividade. Sobre a Campanha Gaúcha, os dados da produção de leite entre os anos de 2010 e 2015 tem-se o percentual da produção de cada um dos municípios que compõem, mais precisamente, a região da Campanha meridional neste período sendo Aceguá (51%), Dom Pedrito (21%), Hulha Negra (17%), Bagé (6%) e Lavras do Sul (5%) (SCHERER et al., 2018). De acordo com os dados a produção leiteira na região da Campanha Gaúcha está fortemente concentrada no município de Aceguá justificando que há um grande predomínio de agricultores familiares nesta cidade. Fica enfatizado, que o potencial do Rio Grande do Sul para a produção da atividade é de forte competência. Os municípios aqui apresentados ainda não possuem uma potencialidade significativa na produção de leite que impulsione verdadeiramente a cadeia produtiva na região da Campanha Gaúcha. Porém, isso não significa que as regiões não tenham condições de elevar a produção leiteira e para isto acontecer será preciso muita organização por parte dos pecuaristas e mais incentivos públicos por parte do governo que ajude a favorecer o crescimento deste setor. Finaliza-se então, que a bovinocultura cultura leiteira na região da Campanha Gaúcha apresenta um quadro ainda muito primitivo de acordo com os dados e períodos apresentados e precisará de melhorias para encarar as tendências dos próximos anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
TRINDADE, S.; VAZ DA SILVA, L.; MARQUES RIBEIRO, C. BOVINOCULTURA LEITEIRA: ANÁLISE DA PRODUÇÃO NA REGIÃO DA CAMPANHA GAÚCHA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 30 mar. 2020.