Foco e Escopo

A Revista de Estudos Híbridos na Área da Linguagem (ISSN:2763-5791) tem por objetivo a divulgação de trabalhos inéditos, partindo de pesquisas originais, nas áreas de Linguística, Linguística Aplicada, Letras e tecnologias da informação aplicada ao tratamento da linguagem. A REHAL publica artigos , traduções comentadas, entrevistas, resenhas, relatos de experiência e squib em dois números anuais, por meio de dossiês e de seções livres, e, ademais, pode divulgar edições especiais. O periódico pretende difundir pesquisas em português, espanhol, inglês e/ou libras.

Os responsáveis pelos dossiês temáticos serão pesquisadores nacionais e/ou estrangeiros de instituições diversas que se ocuparão da definição da ementa, do auxílio na divulgação da chamada, da apresentação do número e da organização dos artigos durante a editoração. Contudo, caberá à equipe de gestão da REHAL a distribuição dos artigos recebidos para avaliação às cegas por pares. Os proponentes dos dossiês poderão ser convidados pelo Editor-chefe da REHAL a partir de indicação por parte do comitê editorial. Os organizadores de um dossiê poderão publicar, no máximo, dois artigos de sua (co)autoria, desde que tenham sido aprovados no processo de avaliação às cegas por pares. No início de cada semestre serão publicadas as chamadas de dossiês.

Cabe destacar que, o segundo número aceitará trabalhos que privilegiem pesquisas de natureza híbrida, ou seja, estudos predominantemente quantitativos com complementação qualitativa, ou vice-versa. Além disso, serão aceitas investigações desenvolvidas a partir de uma abordagem unicamente quantitativa. Quanto a esse tipo de abordagem, somente serão recebidos artigos para avaliação, com robustez metodológica e analítica, que contemplem análises exploratórias, descritivas, inferenciais, estudos de meta-análise, entre outras técnicas estatísticas aplicadas às áreas mencionadas no escopo do periódico. No caso de trabalhos relacionados às tecnologias da informação aplicada ao tratamento da linguagem, serão aceitos estudos que apresentem a utilização e a descrição de ferramentas computacionais que podem ser adotadas para o tratamento de dados e resultados em pesquisas do campo da linguagem.