[1]
M. Pinto Furtado, “Narrativas míticas guarani: multiplicidade e complexidade”, Missões, vol. 6, nº 2, set. 2020.