AS (TICS) E SUAS INTERDEPENDÊNCIAS: UMA PERSPECTIVA MATERIALISTA HISTÓRICO-DIALÉTICA EM TEMPOS DE PANDEMIA

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Alexandre Silva Silva
https://orcid.org/0000-0002-1691-1816
Mauren Lisiane Acosta Amaral
https://orcid.org/0000-0002-4457-0393
Rita de Cássia Grecco dos Santos
https://orcid.org/0000-0002-6340-0920

Resumo

O uso das As Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) tem cada vez mais sido objeto de inúmeras pesquisas em múltiplas áreas do conhecimento, como é possível perceber ao efetuarmos uma busca pelo termo (TICs) nas bases de Dissertações e Teses. No entanto, inúmeras vezes as mesmas são compreendidas de uma forma equivocada. Nesse sentido, o presente trabalho visa apresentar as TICs por meio de uma perspectiva materialista- dialética, a qual compreendemos ser útil para as reflexões, sobre o uso e relevância das mesmas no contexto pandêmico pelo qual passamos. Assim promover a compreensão de suas possibilidades de sucessos e malogros no processo ensino/aprendizagem nas múltiplas classes sociais brasileiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SILVA, A. S.; ACOSTA AMARAL, M. L.; GRECCO DOS SANTOS, R. DE C. AS (TICS) E SUAS INTERDEPENDÊNCIAS: UMA PERSPECTIVA MATERIALISTA HISTÓRICO-DIALÉTICA EM TEMPOS DE PANDEMIA. Missões: Revista de Ciências Humanas e Sociais, v. 8, n. 1, p. 170-186, 4 set. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Alexandre Silva Silva, Universidade Federal de Rio Grande

Doutorando em Educação Ambiental, Mestre em Educação Ambiental, Bacharel em História com ênfase em Patrimônio Histórico e Cultural, Pós-graduação lato sensu em comunicação e informação educacional e empresarial, Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Profissional e Tecnológica, Pós-Graduação Lato Sensu em Orientação Educacional, Curso de Aperfeiçoamento em Educação Inclusiva e Tecnologia Assistiva, Curso de Aperfeiçoamento em Introducción a la Obra y Pensamiento de Edgar Morin pela Multiversidad Mundo Real Edgar Morin – México, Profº. Designer Gráfico e Hardware.

Mauren Lisiane Acosta Amaral, Universidade Federal do Rio Grande

Advogada. Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Pós-graduada em      Direito e Processo Previdenciário pela Faculdade Damásio Educacional.

Rita de Cássia Grecco dos Santos, Universidade Federal de Rio Grande

Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais e Licenciada em Pedagogia, Dra. em Educação. Professora do Instituto de Educação - IE e do Programa de Pós-Graduação em História PPGH/FURG.

Referências

ACSELRAD, H. O que é justiça ambiental. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2009.
ALMEIDA, S. L. D. O que é racismo estrutural? Belo Horizonte (MG) : Letramento, 2018.
BULLARD, R. D. Confronting Environmental Racism: Voices From the Grassroots. [S.l.]: South End Press, 1993.
BUNGE, M. Dicionário de filosofia. São Paulo: Perspectivas, 2002.
MONTEIRO, E. Paleontologia para iniciantes: um curso ilustrado sobre a evolução biológica humana. 2ª. ed. 2012.
TYLOR, Edward. apond Laraia, Roque de Barros. CULTURA: UM CONCEITO ANTROPOLÓGICO. Rio de Janeiro: Zahar, 1986.