O objetivo deste dossiê é estabelecer aproximações entre a história, memória e Identidade enquanto elementos importantes para a compreensão das sociedades, tanto pregressas quanto atuais, dada e emergência de inúmeros debates públicos e reivindicações sociais nos últimos anos abrangendo o enfoque proposto. No âmbito da história, o uso de múltiplas fontes e a inclusão de abordagens e interfaces plurais, têm intensificado no campo da pesquisa historiográfica, novos e antigos temas alargando as fronteiras da disciplina ao incorporar as memórias e os mais variados processos identitários, como objeto de análises ancoradas em diferentes suportes e discursos construídos pelas sociedades sobre o passado e a história do tempo presente. Em tempos desafiadores marcados ora por tentativas de silenciamentos, ora pelo acirramento das disputas pelo direito à memória e à história são expressivas às discussões que trazem à baila a interdisciplinaridade como um viés importante para estudos com esta ênfase abarcando dentre tantos temas as questões de fronteira, das relações de poder, do patrimônio, cultural, dos movimentos sociais e das resistências entre outros, bem como atentam para os usos e abusos da memória. Nesse sentido, as políticas públicas necessitam de uma melhor compreensão da realidade social, para isto é importante congregar os diferentes saberes de todas as áreas do conhecimento a fim de gerar aportes teóricos capazes de assegurar a legitimidade de identidades e dinâmicas de produção de percursos memoriais em suas demandas e problematizações contemporâneas. Com base nessas premissas, o dossiê pretende reunir pesquisas desde diferentes contextos situados, realidades e perspectivas investigativas em curso, objetivando constituir ferramentas conceituais e metodologias.

Organizadores

PROF.DR. ALAN DUTRA DE MELO - UNIPAMPA;

PROF.DR. RONALDO COLVERO - UNIPAMPA;

PROFA.DRA. HILDA JAQUELINE DE FRAGA - UNIPAMPA;

Prazo para submissões até 20/01/2022

Avaliações até 30/03/2022

Publicação até maio de 2022

 

Referências

HALBWACHS, Maurice. Los Marcos Sociales de la memoria. Barcelona: Antropos Editorial; Concepción: Universidad de la Concepción; Caracas: Universidad Central de Venezuela, 2004.

POLLAK, Michael. Memória, esquecimento, silêncio. Estudos Históricos. Rio de Janeiro, Vol. 2. n. 3, 1989, p 3-15. Disponível em http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/viewFile/2278/1417

RANGER, Terence; HOBSBAWN, Eric. A invenção das tradições. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra, 2012.

SANTOS, Myrian Sepúlveda. Memória coletiva, trauma e cultura: um debate. Revista USP, n. 98, p. 51-68, 2013.