Cadernos de Relações Internacionais e Defesa https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID <p style="text-align: justify;">Cadernos de Relações Internacionais e Defesa (CRID) é um publicação semestral que visa ampliar as discussões sobre o sistema internacional contemporâneo, em especial as temáticas de cooperação e defesa no Sul Global e analisar criticamente os processos e eventos das relações internacionais contemporâneas concernentes à história, política e economia política internacional, à globalização, ao regionalismo,à segurança internacional e à política externa. O periódico é fruto dos trabalhos desenvolvidos no Grupo de Pesquisa em Relações Internacionais e Defesa (G_DIR), no Curso de Graduação em Relações Internacionais e na Pós-Graduação <em>Lato Sensu</em>&nbsp;em Relações Internacionais Contemporânea (PPGRIC) na Universidade Federal do Pampa - Campus Santana do Livramento. Sua publicação é semestral.</p> pt-BR <p>Os autores possuirão a propriedade intelectual dos artigos publicados e manterão os direitos de publicação.</p> nathalyschutz@unipampa.edu.br (Nathaly Xavier Schutz) fernandamendes@unipampa.edu.br (Fernanda Ziani Mendes) Qua, 18 Set 2019 14:01:35 +0000 OJS 3.1.2.0 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Editorial https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/875 Nathaly Schutz Copyright (c) 2019 Nathaly Schutz https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/875 Qua, 18 Set 2019 12:50:33 +0000 Conflictividad y Órdenes Mundiales https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/199 <p>Este artículo se inserta en el marco de un proyecto de investigación de mayor alcance que avanza en el estudio de posibles relaciones entre estructura de poder, conflictividad y construcción de órdenes internacionales, a partir de cumbres multilaterales de gran relevancia: la Paz de Westfalia de 1648, el Congreso de Viena de 1815, la Conferencia de Paz de París de 1919 y la Conferencia de San Francisco de 1945. Analiza específicamente la Conferencia de San Francisco y su producto final, la Carta de las Naciones Unidas. Así, en una primera instancia, reitera una exposición sistematizada de datos cuantitativos referentes a: estructura del sistema internacional según número de grandes potencias y nivel de conflictividad; este último derivado de tres indicadores específicos: número de grandes potencias en conflicto, duración de conflictos entre grandes potencias y severidad de los conflictos. En una segunda instancia, analiza las consecuencias de la Conferencia, en otras palaras las disposiciones de la Carta, teniendo en cuenta la ecuación normativa establecida en Westfalia: igualdad jurídica-soberanía-equilibrio de poder.</p> Hernán Olmedo González, Wilson Fernández Luzuriaga Copyright (c) 2019 Hernán Olmedo González, Wilson Fernández Luzuriaga https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/199 Seg, 09 Set 2019 17:03:30 +0000 O Estado Desenvolvimentista e a Política Externa Brasileira (1974-1990) https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/208 <p>Este artigo tem como objetivo analisar historicamente a trajetória da política externa brasileira durante os governos Geisel, Figueiredo e Sarney e sua relação com o modelo de Estado desenvolvimentista. Compreende-se que os Estados sempre condicionam suas políticas exteriores e seus modelos de inserção internacional em paradigmas, as relações internacionais do Brasil originaram quatro, dentre eles está o desenvolvimentista (1930-1990) (CERVO, 2008), contudo, este paradigma abarcou um período histórico extenso tornando o recorte temporal de 1930 a 1990 pouco homogêneo. Nesse sentido, questiona-se aqui se é possível identificar elementos na política externa brasileira implementada entre 1974 e 1990, que a enquadram dentro do paradigma do Estado desenvolvimentista. Desse modo, a hipótese do trabalho argumenta que a diplomacia nacional teve características e ações específicas, dentro do paradigma de Estado desenvolvimentista, numa matriz de conduta claramente estabelecida, que levou em conta a parcial permissibilidade do sistema internacional do período e foi favorecida pela viabilidade nacional. Metodologicamente, o artigo classifica-se, pelo objetivo, como descritivo explicativo, por meio do método hipotético-dedutivo, através de uma abordagem qualitativa, analisando fontes primárias e secundárias.</p> Isabella Cruzichi Copyright (c) 2019 Isabella Cruzichi https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/208 Seg, 09 Set 2019 17:07:13 +0000 O Terceiro Paradigma das Relações Internacionais https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/209 <p>O artigo introduz elementos teóricos e históricos para a consolidação acadêmica de um “terceiro paradigma” das Relações Internacionais, o do Materialismo Histórico. O Marxismo apresenta a<em> noção de economia e de dominação no plano internacional</em>, dentro de uma perspectiva que enfatiza os macroprocessos de evolução, transformação e ruptura. Apesar de não haver elaborado uma teoria específica para as análises internacionalistas, ele introduz elementos que complementam as concepções realistas e liberais. E possui ferramentas para a formação de um Terceiro Paradigma, que dialogue com os demais.</p> Paulo G. Fagundes Visentini Copyright (c) 2019 Paulo G. Fagundes Visentini https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/209 Seg, 09 Set 2019 00:00:00 +0000 El Régimen Internacional del Comercio de Armas y su Incorporación en Uruguay https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/214 <p>La comercialización de armas ha tenido implicancias en el sistema internacional<strong>. </strong>Hasta el año 2014, la comercialización lícita de armas a nivel mundial no era pasible de ser regulada. Es ante este motivo y luego de más de 20 años de debates, que la Comunidad Internacional procedió a avanzar en la aprobación del Tratado del Comercio de Armas. El presente artículo tiene por objeto estudiar el régimen internacional del comercio de armas convencionales y el rol que ha tenido Uruguay, tanto en el proceso previo de negociación como así también en el actual proceso de incorporación del régimen a nivel nacional. El abordaje de este objetivo específico se realizó sobre la base de un estudio de tipo exploratorio, lo cual supuso utilizar diversas unidades de análisis a lo largo de todo el estudio.</p> Alejandra Umpiérrez Link Copyright (c) 2019 Alejandra Umpiérrez Link https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/214 Seg, 09 Set 2019 00:00:00 +0000 A Ascensão Angolana https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/215 <p>Angola, após décadas de conflito interno, figura, a partir do início dos anos 2000, como um dos principais pólos de poder no Continente Africano. O Atlântico Sul, por sua vez, tem sua importância cresecente nas últimas décadas, tornando-se palco de relevantes relações no âmbito do Sul global. O obejtivo desse artigo é analisar a articulação entre a política externa e de defesa de Angola, especificamente no âmbito do Atlântico. Parte-se da premissa que tal cenário é utilizado por Luanda como forma de projeção de poder regional e reinserção nas relações intra-africanas. As conclusões parciais indicam que Angola utiliza-se das sua atuação no Atlântico Sul como mecanismo de projeção de poder regional. A metodologia adotada foi histórico-comparativa, utilizando-se de refrências primárias e secundárias.</p> Nathaly Schutz, Felipe Rocha de Carvalho Copyright (c) 2019 Nathaly Schutz, Felipe Rocha de Carvalho https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/215 Ter, 10 Set 2019 14:12:33 +0000 Novo Regionalismo e Análise de Política Externa https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/367 <p class="Tese-Corpodotexto" style="text-indent: 0cm;"><span style="font-size: 12.0pt; font-family: 'Times New Roman',serif;">Em um contexto de ampliação de pesquisas sobre a relevância de regiões e potências regionais na ordem internacional contemporânea, importa compreender as possibilidades de avaliação da política externa regional de Estados sob ponto de vista interacional. O artigo procura avaliar os avanços recentes dos estudos do novo regionalismo e da análise de política externa para as regiões do sul global e, especificamente, da África. Argumenta-se que uma visão interacional e histórico-sociológica sobre processos de formação das unidades e de suas políticas externas parece ser necessária para que se avance nos esforços de integração entre novo regionalismo e análise de política externa sob uma perspectiva sistêmica.</span></p> Igor Castellano da Silva Copyright (c) 2019 Igor Castellano da Silva https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/367 Ter, 10 Set 2019 17:49:09 +0000 A Líbia após a Queda de Muammar Kadafi (2011 - HOJE) https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/301 Kamilla Rizzi, Julia Nishio Copyright (c) 2019 Kamilla Rizzi, Julia Nishio https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/CRID/article/view/301 Qui, 12 Set 2019 17:46:38 +0000